Albufeira promove encontros entre pais de crianças com deficiência

Encontros “De Nós para Nós” vão realizar-se nas terceiras sextas-feiras de cada mês

Os pais de crianças portadoras de deficiências vão passar a ter um espaço de diálogo no Parque Lúdico de Albufeira para «falar dos seus problemas, tirar dúvidas e trocar experiências», a partir de amanhã, sexta-feira, dia 21 de Maio, às 19h30.

O “Espaço Integrar”, da responsabilidade do Município, vai passar a acolher os encontros  “De Nós para Nós” nas terceiras sextas-feiras de cada mês e permitir a estes pais conversar uns com os outros e com técnicos da autarquia, até para «não se sentirem tão sós nesta árdua tarefa que é cuidar e educar uma criança portadora de deficiência, que tanta atenção requer no seio da família», segundo José Carlos Rolo, presidente da Câmara de Albufeira.

«Nestes encontros é feita uma partilha entre os pais e os técnicos que dinamizam as sessões. Esta partilha é sobre as suas vivências, os seus receios, angústias ou realizações positivas», descreve a Câmara de Albufeira.

«Da parte dos técnicos do Município, são dadas informações a nível dos apoios sociais existentes, como e onde os podem encontrar ou requisitar, bem como programas diversos de associações e instituições para cada tipo de deficiência e legislação vigente para os cidadãos e crianças com deficiência», acrescenta.

Para o primeiro encontro, basta aparecer e fazer a inscrição para os encontros seguintes. Quem desejar obter mais informações, pode contactar através do número telefónico 289 599 684 ou pelo e-mail monicarita.silva@cm-albufeira.pt.

Albufeira tem, «para além das crianças portadoras de deficiências que não afetam a sua integração permanente numa turma regular», crianças «com deficiências mais profundas que integram os CAA’S (Centros de Apoio à Aprendizagem), ou seja, unidades de multideficiência inseridas nas escolas».

A par disso, «o Município cede apoios diversos e regulares a cidadãos portadores de deficiência que se encontram em instituições ou em escolas apropriadas».

 

 



Comentários

pub