Rota do Petisco solidária procura entidades para ajudar

Entidades que quiserem beneficiar da iniciativa já se podem candidatar

A Rota do Petisco voltará a ter a já tradicional vertente solidária, em 2020, e as entidades que promovam projetos sociais já se podem candidatar a receber parte da verba que será angariada.

Os interessados devem apresentar a sua candidatura até ao dia 14 de Fevereiro, através do formulário eletrónico disponível online. O regulamento está disponível no site da Teia d’Impulsos, que organiza o evento.

Mais informações podem ser obtidas a partir do email info.rotasolidaria@gmail.com e pelo telefone 910 174 814 e 966 467 870.

A “Rota Solidária” é uma iniciativa «que visa apoiar projetos que têm como objetivos a atenuação de situações sociais prioritárias, promovendo a melhoria da qualidade de vida de pessoas socialmente desfavorecidas, a integração de comunidades em risco de exclusão social e a promoção do empreendedorismo social, através de projetos que se revelem sustentáveis», segundo a associação Teia d’Impulsos.

Desde a primeira edição da Rota do Petisco, em 2013, o evento organizado pela Teia d’Impulsos já angariou cerca de 107 mil euros, que foram usados para apoiar 51 projetos sociais.

«O sucesso da iniciativa só foi possível graças ao valor angariando pela venda dos passaportes, 1,5 euros por cada passaporte adquirido pelos participantes na Rota do Petisco, onde a doação resultante da aquisição dos passaportes reverte, na totalidade, para apoio a projetos e iniciativas que pretendam criar impacto social», segundo a Teia d’Impulsos.

«O montante para cada candidatura vencedora será determinado pela comissão de seleção e avaliação da Rota Solidária. Como na edição de 2019, as entidades candidatas têm-se envolvido no projeto, angariando estabelecimentos para a Rota do Petisco (critério de apreciação da candidatura), ajudando também a que os valores alcançados tenham tanto significado», acrescentou a associação.

Comentários

pub