Reequilíbrio financeiro é o grande objetivo da nova direção do Centro Popular de Lagoa

Modernizar e oferecer serviços de qualidade são também objetivos

Garantir o reequilíbrio financeiro, serviços de qualidade à comunidade e o emprego dos cerca de 170 funcionários são os grandes objetivos do plano de ação da nova direção do Centro Popular de Lagoa, presidida pelo professor e sociólogo João Carlos Pereira.

Este plano de ação tem ainda como principais objetivos a modernização e ampliação da oferta e a melhoria da qualidade.

Nas palavras do presidente da Direção, trata-se de «um plano ambicioso, mas exequível», porque, como frisou, «a todos os que integram este projeto, Assembleia Geral, Conselho Fiscal e Direção, sobra em motivação o que lhes falta em tempo».

A tomada de posse dos novos corpos diretivos do Centro Popular de Lagoa para o quadriénio 2020-2023 teve lugar a 27 de Janeiro, numa cerimónia que contou com a presença do Executivo Camarário, do comando da GNR, do comandante do Bombeiros Voluntários de Lagoa e da Proteção Civil, da Direção do CASP, de diversos convidados, utentes e funcionários.

O Centro Popular de Lagoa é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sendo responsável pelo Lar de Idosos “o Nosso Ninho”, que proporciona Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário, e pelo Infantário “A Colmeia”, com Creche, Pré-escolar e CAT.

 

Clique aqui para conhecer toda a Direção (em PDF):
Clique aqui para conhecer a Mesa da AG e o Conselho Fiscal (em PDF):

 

 

Comentários

pub
pub