Portimonense desperdiça penálti e perde frente ao FC Porto

Algarvios deram muito trabalho à equipa de Sérgio Conceição

O Portimonense perdeu por 1-0 frente ao FC Porto, na 22ª jornada da I Liga de futebol, disputada este domingo, 23 de Fevereiro. Os algarvios falharam um penálti e estiveram quase a conseguir trazer pontos da visita ao Estádio do Dragão.

Pressionados pelos maus resultados, os algarvios entraram em campo a saber que conseguir pontos seria excelente para as contas da manutenção. Do outro lado, a pressão também não era pouca: o FC Porto, se ganhasse, passava para primeiro no campeonato.

E foram mesmo os portistas a entrar melhor, com mais bola. O primeiro sinal de perigo foi aos 14′, com Corona a rematar perto do poste, depois de receber um passe de Sérgio Oliveira.

Os algarvios, apesar de mais remetidos à defesa, iam mostrando que têm qualidade individual mais do que suficiente. Tabata era o expoente disso mesmo – o extremo foi o catalisador do ataque do Portimonense (nota também para as boas prestações de Lucas e Dener).

Aos 36′, Soares teve uma boa oportunidade. Díaz cruzou e o ponta de lança cabeceou com perigo, com Gonda a defender em cima da linha de golo.

Na outra baliza, aos 39 minutos, Jackson também desperdiçou uma grande chance, num lance idêntico, mas em que a bola saiu ao lado.

Até que chegaria o momento alto de toda a primeira parte. Jackson foi derrubado dentro da área por Uribe, com o juiz da partida a ir ao vídeo-árbitro confirmar a infração (43′).

Chamado a converter, o ponta de lança colombiano – que foi estrela no FC Porto – atirou muito por cima da baliza. Penálti falhado e o nulo manteve-se até ao intervalo.

Na segunda parte, o FC Porto voltou a aparecer mais pressionante no início. Conceição lançou Zé Luís e Nakajima, antigo jogador do Portimonense, para o atacante à vitória.

O japonês fez a diferença, levando o FC Porto ainda mais para a frente. Apesar disso, o Portimonense esteve muito bem defensivamente.

Aos 71′, Díaz falhou uma boa oportunidade, após um cruzamento, em que o colombiano não conseguiu encostar ao segundo poste.

Passados seis minutos, foi tempo da estreia de Mimi, o internacional iraquiano que promete ser um craque, pelo Portimonense.

Até que, já perto do fim e com os algarvios quase a conseguirem um bom resultado, chegou Alex Telles. Ao minuto 87, o lateral do FC Porto marcou um golaço, com um remate forte, de fora da área, sem hipóteses para Gonda.

O resultado estava feito. O Portimonense bem tentou, mas acabou por perder. Os algarvios mantêm os mesmos 15 pontos e estão no penúltimo lugar, 4 pontos abaixo da linha de água.

Comentários

pub
pub