Milreu volta a dedicar um dia a experiências romanas

CCV do Algarve dinamiza uma viagem ao passado com o apoio do DiVaM 2019 – Dinamização e Valorização dos Monumentos

Foto: Martyna Mazurek|Sul Informação – Imagem de Arquivo

A Milreu vai voltar a ser uma villa romana na sexta-feira, dia 11, onde os visitantes podem desfrutar de diferentes experiências, no âmbito do projeto “Do ir ao vir: uma viagem por experiências científico-históricas da Villa Romana de Milreu”.

De manhã, as atividades destinam-se às escolas de Estoi. À tarde e à noite, a iniciativa é aberta às demais escolas da região e ao público em geral.

Este é um projeto do Centro de Ciência Viva do Algarve (Faro) que integra a programação do DiVaM 2019 – Dinamização e Valorização dos Monumentos, programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve (DRCAlg).

O seu objetivo é «dar a oportunidade de experimentar os processos de produção, construção e criação do período romano», segundo a DRCAlg.

Para isso, serão promovidas diversas oficinas, que focarão desde a mitologia romana até à astronomia, passando pela engenharia e arquitetura (ver lista completa abaixo).

À noite, o público é convidado «a descobrir como era o céu romano, observar as estrelas e as constelações através de um telescópio, como se orientavam, como faziam as medições».

As atividades são gratuitas e com inscrição prévia em milreu@cultalg.gov.pt. Para as atividades noturnas, os participantes devem trazer uma lanterna consigo.

O projeto “Do ir ao vir: uma viagem por experiências científico-históricas da Villa Romana de Milreu” conta ainda com o apoio da Universidade do Algarve, Requinte Turquesa – Eventos & Serviços, A Barroca, Produtos Culturais e Turísticos e A Canastra, mercearia especializada.

 

Oficinas e actividades a decorrer em paralelo:

– “ Viagem no Temp(l)o – Ao encontro da Mitologia Romana” – Breve apresentação da mitologia romana e demonstração do impacto que teve na terminologia em várias línguas.
– “Tempus fugit: Construção de relógio de Sol”- oficina de construção de relógios de sol com numeração e estilo artístico romano.
– “ À Descoberta do céu romano” – sessão sobre o funcionamento dos relógios de sol, e das medições, através de técnicas e instrumentos utilizados pelos romanos.
– “Itinerários e orientação no período romano” conhecer as estratégias e técnicas de navegação terrestre tão importantes na expansão e prosperidade do império romano.
– “Arcos e abóbadas romanas” – Oficina de construção e exploração de um modelo de arco romano.
– “A matéria prima como objetivo dos destinos romanos” – atividade que explora processos e técnicas de extração e processamento de matérias primas no período romano.
– “Campus Ludi” – área infanto-juvenil, com atividades e jogos em torno da ciência e estilo de vida romano para as crianças que não integrem grupos escolares. (tarde e noite).
– “Tabernae” – mostra de produtos regionais típicos e /ou contemporâneos produzidos a a partir de recursos naturais locais (tarde e noite).

Comentários

pub
pub