Lagoa desmistificou estereótipos de género no Dia da Igualdade

Cantora Ana Bacalhau foi a convidada especial

A Câmara de Lagoa juntou-se à cantora Ana Bacalhau para desmistificar estereótipos de género junto da população mais jovem do concelho, no Dia Municipal para a Igualdade, que se celebrou a 24 de Outubro.

O programa deste dia integrou «ações que tinham como objetivo promover, sensibilizar e explorar, junto das camadas mais jovens, os diversos contextos de vida, onde a discriminação em função do género acontece, nomeadamente na conciliação entre a vida pessoal, familiar e profissional, nos contextos de poder e de tomada de decisão e em casos de violência e assédio», segundo a autarquia lagoense.

Os estudantes do 9º ano e secundário dos Agrupamento de Escolas Rio Arade e Padre António Martins de Oliveira da rede pública e a escola privada Nobel Internacional School, sedeada no concelho, assistiram à apresentação do projeto “Desafiar Estereótipos” com a participação especial da cantora Ana Bacalhau.

«Através de um livro, de uma performance teatral e de temas musicados pela cantora, os jovens refletiram e debateram sobre diversos conceitos associados ao tema da Igualdade: estereótipos de género, usos do tempo, papéis de género, androcentrismo, empoderamento, capacitação, assédio sexual, entre outros», revelou a Câmara de Lagoa, que promoveu a sessão.

Esta iniciativa contou com a participação de mais de 500 estudantes do concelho, «fortalecendo o compromisso do município, enquanto cidade educadora e inclusiva».

Os livros do projeto “Desafiar Estereótipos” vão passar a estar disponíveis nas bibliotecas escolares, «para que possa ser disseminada a mensagem e realizadas as atividades propostas em contexto escolar».

Ficaram também disponíveis exemplares na Biblioteca Municipal de Lagoa, «com o intuito de sensibilizar também a comunidade em geral para a problemática».

 

Fotos: Câmara de Lagoa

Comentários

pub
pub