Alunos de Loulé e Faro ajudam a limpar a Culatra

Estudantes aderiram a uma iniciativa de Voluntariado Ambiental para a Água

Alunos das escolas Secundária de Loulé e Secundária João de Deus (Faro) ajudaram a limpar a Ilha da Culatra, no âmbito de uma iniciativa de voluntariado ambiental, que teve lugar ontem, dia 17, nesta ilha-barreira do concelho de Faro.

Além de recolher lixo das dunas, os alunos fizeram análises da qualidade da água, «verificando a biodiversidade de macroinvertebrados marinhos», segundo os professores envolvidos na iniciativa.

Os jovens também verificaram «a existência de microplásticos nos ecossistemas marinhos» e removeram “chorão”, «uma espécie invasora que se propaga e destroi o ecossistema das dunas do Algarve».

 

 

«No final, os alunos consideraram ter compreendido muito melhor aquilo que, cada um de nós enquanto habitante da região, tem que fazer para melhor preservar os ecossistemas do litoral algarvio», acrescentam.

A ação foi coordenada pela Agência Portuguesa do Ambiente, com o apoio logístico ao nível dos transportes das Câmaras Municipais de Faro e Loulé. Nesta iniciativa em particular, teve também o apoio da Europe Direct Algarve ao nível das atividades desenvolvidas.

Os professores consideram que estas ações promovidas pela Agência Portuguesa do Ambiente, no âmbito do Voluntariado Ambiental para a Água, «são fundamentais para a formação de cidadãos mais esclarecidos e que saibam, aquilo que, individualmente, cada um de nós pode, enquanto indivíduo, fazer para gerar um futuro melhor».

 

Análise parcial de macroinvertebrados marinhos dos ecossistemas marinhos da ilha da Culatra

Fotos: Alexandre Costa|ES João de Deus

Comentários

pub
pub