Passeio Ribeirinho de Olhão recebe Algarve Nature Fest

Hoje e amanhã, há muito para fazer e conhecer junto à Ria Formosa

A primeira edição da Algarve Nature Fest – sucessora da Algarve Nature Week, que pouco êxito obteve – propõe este fim de semana dezenas de atividades ligadas à natureza e ao ar livre no passeio ribeirinho de Olhão. É uma mostra da oferta de pouco mais de duas dezenas de empresas e outras entidades da região neste segmento turístico em crescimento.

Ontem, sexta-feira, houve já um primeiro dia dedicado sobretudo aos alunos das escolas do segundo ciclo do Ensino Básico de Olhão.

Na abertura da Nature Fest, o presidente da Câmara de Olhão salientou que o concelho «tenta afirmar-se, nos últimos anos, no turismo ligado à natureza».

António Miguel Pina acrescentou que a autarquia aproveitou para ligar a Nature Fest a outra iniciativa relacionada com o ambiente, o Dia Europeu sem Carros, no dia 22, domingo.

O autarca olhanense salientou que a própria Câmara está apostada em «produzir novas ofertas para o turismo», pretendendo lançar em breve «a Rota das Igrejas e a Rota das Lendas».

 

Fátima Catarina, vice-presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), começou por elogiar o «espaço excecional, com todas as condições para acolher o evento», na zona ribeirinha de Olhão.

Ao longo do fim de semana, recordou aquela responsável, o público terá ao seu dispor «experiências», para as quais as inscrições já estão esgotadas, mas também outras atividades de acesso livre, todas gratuitas.

Nas 32 atividades com reserva prévia, irão participar 540 pessoas, que se inscreveram no site da Nature Fest. Neste caso, as atividades passam por passeios de BTT, caminhadas temáticas, batismos de vela ou de mergulho, passeios de stand up paddle ou de caiaque, passeios de barco para observação de aves na Ria Formosa.

Mas haverá ainda 16 outras atividades que não precisam de inscrição e que estão ainda disponíveis. Entre estas, há slide, parede de escalada, surf mecânico, stand up paddle, tiro com arco, voltas de caiaque, segway, BTT ou bicicletas elétricas, todas em permanência no local, entre as 09h00 e as 19h00, sem necessidade de reserva. Para gostos mais enérgicos, haverá air bungee e aulas de pump, zumba, step e SFXCore.

Numa vertente mais profissional, revelou Fátima Catarina, este sábado há uma reunião B2B entre as empresas de turismo de natureza da região e os operadores. Estão também previstas visitas de familiarização (fam trips) e visitas para jornalistas (press trips).

 

Fátima Catarina (RTA) e António Miguel Pina (CM Olhão)

Assim, depois de um primeiro dia de ontem a meio gás, mas já com a presença de cerca de 300 crianças das escolas do concelho, este sábado e amanhã, domingo, frente ao hotel Real Marina, à Ria Formosa e ao porto de recreio, há ainda uma pequena feira com meia dúzia de artesãos locais, bem como stands com informação sobre a Via Algarviana, a Rota Vicentina ou o RIAS, por exemplo.

Mas o que mais sucesso estava a ter ontem – e presume-se que assim continue este sábado e domingo – era a parede de escalada, que dava acesso ao slide. Os jovens das escolas de Olhão e alguns dos seus professores aventuraram-se, ao som de música bem alta – e nada adaptada a atividades que diziam ser na natureza -, a subir a parede e depois voar cerca de 250 metros, sobre as águas da ria.

Ou seja, por estes dias, no passeio ribeirinho de Olhão, há uma mistura entre atividades verdadeiramente de turismo de natureza, outras de ar livre e ainda artesanato e música, na primeira edição da Algarve Nature Fest. Esperemos que a chuva, que tem andado arredada da região – e que tanta falta faz, como constatam os verdadeiros amigos do turismo de natureza e sustentável – não estrague os planos da festa.

Organizado pela Região de Turismo do Algarve em parceria com a Câmara Municipal de Olhão, a Direção de Serviços da Região do Algarve da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e a Polícia de Segurança Pública, o festival tem o apoio da CP – Comboios de Portugal, da Inframoura, da Decathlon, do grupo Gymnasium, da Águas do Algarve e do Real Marina Hotel & Spa.

 

Fotos: Elisabete Rodrigues | Sul Informação

Comentários

pub
pub