Câmara de Faro lamenta morte inesperada da bombeira Susana Gonçalves

Jovem bombeira, de 39 anos, deixa três filhos menores

O Município de Faro lamentou «profundamente», em publicação feita este domingo na sua página de Facebook, o «trágico e inesperado falecimento da Bombeira Sapadora Susana Gonçalves, ocorrido hoje de manhã». A jovem bombeira, de 39 anos de idade, foi vítima de doença súbita.

A Câmara acrescenta, na sua publicação, que «ainda jovem, Susana deixa uma valorosa carreira nos Bombeiros Sapadores e uma feliz recordação enquanto colega solidária e profissional zelosa cumpridora das suas obrigações».

O Município salienta que o acompanhamento psicológico dos três filhos menores de Susana Gonçalves «foi já assegurado pelo Comando dos Bombeiros Sapadores», apresentando condolências «a todos os familiares, camaradas de corporação e amigos», «muito em especial aos três filhos menores».

Comentários

pub
pub