Autoridade Marítima fez buscas por embarcação desaparecida ao largo de VRSA

Embarcação e os dois pescadores a bordo foram rebocados para terra por um iate espanhol

Um barco de pesca que se fez ao mar em Monte Gordo, na madrugada de sexta-feira, esteve durante a tarde de ontem em parte incerta e a ser procurado pela Autoridade Marítima Nacional. A embarcação e os dois pescadores a bordo acabaram por chegar a terra sãos e salvos, cerca das 16h40, rebocados por um iate espanhol, que os auxiliou na sequência de uma avaria no motor.

Segundo a AMN, o comando-local da Polícia Marítima de de Vila Real de Santo António recebeu ontem, cerca das 15h30, a informação de que uma embarcação de pesca que havia largado do Varadouro de Monte Gordo, naquela madrugada, «não havia regressado da faina».

«A Capitania do Porto de Vila Real de Santo António ativou a embarcação salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos, tendo percorrido a zona de Cacela Velha até à linha de fronteira com Espanha, não tendo detetado a embarcação. Foi também empenhada a lancha de fiscalização rápida da Marinha Portuguesa, N.R.P. “Sagitário”, que largou do Porto de Olhão, e a embarcação de alta velocidade da Polícia Marítima de VRSA», revelou a mesma fonte.

As autoridades também pediram a outras embarcações que estivessem atentas e que pudessem ajudar na localização do barco.

Às 16h40, a embarcação desaparecida deu entrada no Porto de Tavira, «rebocada por um iate espanhol, por ter sofrido uma avaria no motor. Os dois pescadores a bordo não necessitaram de assistência médica».

Comentários

pub
pub