Ritmos de todo o mundo juntos nos São Teotónio All Stars

Projeto tem a coordenação musical de António Amaral

Música cantada em indiano, búlgaro, nepalês, espanhol e português (com sotaque brasileiro), acompanhada de ritmos diversos. Esta é a descrição resumida dos São Teotónio All Stars, o grupo multicultural que se estreou em concerto na FACECO, a feira que terminou este domingo nesta vila do concelho de Odemira.

O grupo, com o lema «música é uma linguagem universal», resulta do trabalho desenvolvido pela TAIPA – Organização Cooperativa para o Desenvolvimento Integrado do Concelho de Odemira, através dos seus projetos GiraMundo (voltado para integração dos imigrantes) e ST.E7G (dirigido aos migrantes mais jovens, no âmbito do programa Escolhas/ACM).

O novo projeto musical é formado por crianças (o mais novo tem 5 anos), jovens e adultos, de diversas nacionalidades, nomeadamente portugueses, brasileiros, espanhóis, indianos, nepaleses e búlgaros. Todos têm uma coisa em comum: vivem em São Teotónio, onde trabalham ou estudam.

O grupo tem a coordenação musical de António Amaral, um músico radicado no vizinho concelho de Aljezur e que tem colaborado, por exemplo, com as produções do «Lavrar o Mar».

«O que pretendemos fazer é um cruzamento entre as culturas diversas destes imigrantes e a cultura local», disse António Amaral ao Sul Informação.

Tânia Santos, responsável pelo projeto ST.E7G, explicou ao nosso jornal que, para «promover a integração pela arte» têm sido organizadas diversas oficinas criativas, juntando jovens portugueses e das outras nacionalidades presentes em São Teotónio.

O resultado desses primeiros workshops, no âmbito do projeto «Da Terra ao Céu», pode ser visto neste vídeo:

Videoclip Oficinas Criativas – Da Terra ao Céu from PedeXumbo on Vimeo.

 

«Já tivemos oficinas de dança e movimento, teatro, ondas e ritmos, imagens em movimento e agora esta de música», que culmina precisamente com a criação do grupo São Teotónio All Stars.

«Este ano, resolvemos fazer crescer o grupo, promovendo o casamento entre os projetos ST e Giramundos. E é daí que resulta a criação dos São Teotónio All Stars», acrescentou.

No total, segundo António Amaral, o grupo já desenvolveu «cinco temas», com música, dança, ritmos, cantados em várias línguas e incorporando contributos dos membros de várias nacionalidades.

«Estamos também a tentar fazer uma parceria com o Grupo Coral de Odemira», acrescentou António Amaral.

Depois da apresentação de estreia na sua terra de origem, os São Teotónio All Stars vão apresentar-se em concerto no próximo fim de semana, na Feira do Livro do Rogil (Aljezur).

E será que os São Teotónio All Stars pretendem editar em disco a sua música? «Vamos ver», respondeu António Amaral.

 

Comentários

pub
pub