Mar celebrado com roteiro que dá a conhecer empresas inovadoras do Sotavento e limpeza de praia

O mote é “Um Mar para partilhar”

Um roteiro no Sotavento algarvio para dar a conhecer empresas inovadoras associadas à economia azul e uma ação de recolha de lixo marinho, para alertar consciências para o problema dos plásticos e da poluição nos oceanos e nas praias, são os dois eventos regionais que vão decorrer a 30 de Maio, numa iniciativa da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve) e das redes europeias Europe Direct e Enterprise Europe Network.

Com o mote “Um Mar para partilhar”, os dois eventos decorrerão em simultâneo, sendo esta a forma de a CCDR Algarve se associar à celebração do Dia Europeu do Mar, este ano realizado em Lisboa.

Francisco Serra, presidente da CCDR Algarve, participa na visita a quatro empresas sediadas em Castro Marim, Tavira e Olhão, para ouvir os empresários, conhecer as dificuldades enfrentadas na implementação dos seus projetos e os desafios colocados no desenvolvimento e internacionalização dos negócios.

A iniciativa “Um mar para partilhar sem lixo a atrapalhar” conta com o apoio da Administração Regional Hidrográfica do Algarve da Agência Portuguesa de Ambiente (ARH-APA) e do projeto Voluntariado Ambiental para a Água e pretende «envolver os funcionários públicos da região e cidadãos em geral numa ação de voluntariado que fará a limpeza da área de praia entre a ilha de Faro e a Quinta do Lago, apelando à responsabilidade de cada um na mudança a promover».

A limpeza do areal vai ter lugar no dia 30, entre as 9h30 e as 13h00, na Praia de Faro, com ponto de encontro na entrada da ilha.

Deverá ser feita inscrição prévia clicando aqui.

 

O que tem feito a União Europeia

A Economia Azul representa mais de 5 milhões de empregos e um valor acrescentado bruto de cerca de €500 mil milhões de euros por ano, – um número que é aproximadamente equivalente a 4% da produção económica total da UE -, afetando igualmente um grande número dos residentes na União Europeia (EU) com um número estimado de 40% da população da UE a viver num raio de 50 quilómetros do mar.

Ao longo da última década, alguns Estados-membros viram a Economia Azul – nova economia do mar a crescer mais rápido do que as suas economias nacionais.

Integrada no processo de transição para uma economia mais circular, foi adotada a primeira estratégia europeia para resíduos de materiais plásticos.

Esta estratégia vai proteger o ambiente da poluição pelo plástico, fomentando, simultaneamente, o crescimento e a inovação e capacitar as indústrias, transformando um desafio numa agenda positiva para o futuro da Europa.

Por exemplo, até 2030, todas as embalagens de plástico no mercado da UE serão recicláveis, o consumo de objetos de plástico descartáveis será reduzido e a utilização intencional de microplásticos será restringida.

Comentários

pub
pub