Câmara de Loulé investe um milhão na pavimentação de estradas em Salir

Obra prevê trabalhos de pavimentação, mas também de execução de valetas e de outras estruturas para condução de águas pluviais

A Câmara de Loulé vai iniciar na próxima semana a pavimentação do troço da EM510 entre a EM503, na zona do Malhão, e a EM549, perto de Alganduro, incluindo a ligação ao Sítio das Éguas e o acesso à Sobreira Formosa, na freguesia de Salir, um investimento de cerca de um milhão de euros.

A pavimentação «engloba a regularização e desgaste da via e a implementação de equipamentos de sinalização e segurança», segundo a Câmara de Loulé.

«O projeto de execução contempla, ainda, trabalhos de movimentação de terras e drenagem, nomeadamente reparação e/ou retificação dos aquedutos existentes, construção de bocas de entrada e saída dos mesmos, execução de valetas revestidas a betão, bem como todas as obras acessórias necessárias a uma perfeita receção e condução das aguas pluviais intercetadas pela via», acrescentou a autarquia.

Ao todo, serão intervencionados cerca de sete quilómetros de estrada e as obras serão divididas em quatro troços: «o troço 1,num total de 5,1Km, entre a EN503 (Malhão) e a EM549 (Alganduro), apresentando uma orientação Sudeste – Noroeste; o troço 2,num total de 531m, no acesso à Sobreira Formosa (VNC50), apresentando uma orientação Sul – Norte; o troço 3, num total de 971m, na ligação ao Sítio das Éguas (EM549), apresentando uma orientação Sul – Norte; e o troço 4, num total de 391m, no acesso a Cravais de Cima, apresentando uma orientação Nordeste – Sudoeste».

A empreitada tem um prazo de execução de 180 dias, ou seja, cerca de seis meses.

Comentários

pub
pub