Associação Terras do Infante repudia fecho de postos dos CTT de Sagres e Praia da Luz

Decisão vai «ao arrepio dos interesses das populações»

A Associação de Municípios Terras do Infante, que junta Lagos, Vila do Bispo e Aljezur, veio a público manifestar o seu «mais veemente repudio» pelo eventual encerramento dos postos de correios de Sagres e Praia da Luz. 

Esta decisão, diz a Associação de Municípios, «vai ao arrepio dos interesses das populações em causa, atendendo ao facto de se tratarem de serviços de proximidade para a população em geral, mas particularmente para a população mais envelhecida bem como para todos os turistas e comunidade estrangeira residente».

«A Associação vai exigir à Administração dos CTT que estas estações se mantenham ao serviço das populações e, por isso, hoje mesmo solicitou com caráter de urgência uma reunião com a empresa para manifestar a sua posição».

Segundo esta associação, estas decisões vêm provar que a «privatização dos Correios a 100%, por parte do anterior Governo PSD/CDS se tratou de um erro crasso que vem agora pôr em causa a coesão social».

«De igual forma, o atual Governo embora tratando-se de empresa privada, tem, todavia, a obrigação moral e política de interferir no sentido da defesa de um direito e serviço universal às populações, intermediando no sentido de manter abertos estes serviços, pelo que daremos também conta à respetiva tutela da nossa posição e desconforto com as decisões anunciadas», lê-se num comunicado da Associação Terras do Infante.

Comentários

pub
pub