Spoken Words voltam a ouvir-se no Gimnásio Clube de Faro

Esta será a segunda edição do Festival Spoken Word – Calceteiro de Letras, onde a poesia é rainha, mas não anda sozinha

O «melhor que se faz a nível nacional na área do Spoken Word» vai mostrar-se no Gimnásio Clube de Faro, na baixa da cidade, a partir de hoje, sexta-feira, até domingo. A associação farense volta a promover um festival onde a rainha é a poesia, seja no seu estado puro, seja acompanhada por outras expressões artísticas.

O 2º Festival Spoken Word- Calceteiros de Letras começa hoje, às 21h45, com a atuação dos “Bocados Mortais”, um grupo com sede no Alentejo «que dialoga através da poesia, num registo Unpluged», segundo os organizadores do festival. Segue-se o lisboeta “SOS – Silva O Sentinela”, «acompanhado por dois excelente músicos (piano e clarinete) num projeto cativante e de qualidade ímpar».

No sábado, a festa é lançada pelos algarvios “Kilavra”, às 21h45, que vão apresentar um projeto de poesia e música electrónica. Também Mick Mengucci, italiano residente em Lisboa e «um dos grande slammers dos palcos nacionais», vai subir ao palco, trazendo com ele «a palavra poética com multimédia e dança».

Mick Mengucci irá orientar, no mesmo dia às 15h00, um workshop de oralidade, aberto a «quem quiser iniciar a arte de dizer poesia em público»

O festival encerra no domingo, às 16h00, com o projeto “Calceteiros de Letras”, no qual participam diversos artistas algarvios, e a convidada especial, Diana Lucas, presença recente no “The Voice,” com o tema “No Teu Poema”, que conta 1,6 milhões de visualizações no Youtube.

O programa prevê, ainda, projeção de video mapping na abertura de cada sessão, idealizada pelo designer farense João Franck, bem como momentos diários de microfone aberto, em que o público «é desafiado a mostrar o poeta que há em si».

Comentários

pub
pub