Portimão reduz prazo médio de pagamento para 18 dias

A autarquia conseguiu, em quatro anos, reduzir em cerca de 4610 dias o prazo médio de pagamentos

Pela primeira vez, em 10 anos, Portimão não figura na listagem publicada trimestralmente pela Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL) dos Municípios com um Prazo Médio de Pagamento (PMP) superior a 60 dias.

Os dados avançados por este organismo do Estado, integrado no Ministério da Administração Interna, relativos ao 3º trimestre de 2018, informam que o PMP do Município de Portimão, no 3º trimestre de 2018, atingiu os 18 dias.

Em nota de imprensa, a Câmara Municipal de Portimão recorda que o prazo médio era 4628 dias, há apenas quatro anos, em 2014, tendo a autarquia «empreendido uma assinalável recuperação neste rácio económico/financeira, que em final do passado mês de Setembro era de 18 dias».

A mesma nota salienta que, «pelo terceiro ano consecutivo, o executivo liderado por Isilda Gomes apresenta um relatório de contas com Resultados Líquidos Positivos, o que permitiu que se iniciassem investimentos de recuperação/beneficiação de vias urbanas, da iluminação pública e dos espaços ajardinados».

Comentários

pub
pub