Feira do Presunto de Monchique aposta em mais conhecimento técnico para o setor

Com a ajuda do chef Vítor de Oliveira, a organização pretende proporcionar a oportunidade de levar junto dos produtores locais, saberes e sabores de outras regiões produtoras de presunto

Presunto fumado de Montalegre, presunto de Castelo Branco, de Estremoz, de Porco Alentejano de bolota IGP de Santana da Serra, Ibérico de Guijuelo (Espanha) e, como não poderia deixar de ser, presunto de Monchique vão estar em exposição e à prova na XXI edição da Feira do Presunto de Monchique, amanhã e depois, pela mão do maior especialista nacional do setor, o Chef Vítor de Oliveira.

Workshops de corte de presunto, apresentações técnicas, provas, harmonizações e muitas outras atividades vão ter lugar no espaço da “Academia de Corte”, onde o especialista estará disponível para partilhar o seu conhecimento técnico quer junto dos produtores locais, quer de curiosos e apreciadores desta iguaria nacional.

Neste encontro, Vítor de Oliveira terá ainda «a responsabilidade de monitorizar os produtos de charcutaria de Monchique, com o intuito de organizar provas cegas que permitam a discussão e a partilha de procedimentos, processos e qualidades organoléticas da charcutaria da região, abrindo assim as fronteiras do conhecimento sobre um setor que tem tanto de importante como de desconhecido», salienta a Câmara Municipal de Monchique.

A autarquia diz pretender, assim, «conferir outra dimensão à Feira do Presunto e proporcionar a oportunidade de levar junto dos produtores locais, saberes e sabores de outras regiões produtoras de presunto».

À animação prevista para Feira, com os concertos de Aurea, no sábado, 28 de Julho, e Blaya, no domingo, 29, ambos às 22h00, junta-se assim uma vertente mais técnica, tendo como foco o presunto.

A Câmara Municipal de Monchique informa, ainda, que no âmbito desta edição da Feira do Presunto, vai haver condicionamento temporário do trânsito rodoviário, em especial no Largo de São Sebastião.

Entre as 00h00 de dia 28 e as 04h00 de dia 30 de Julho, a organização apela aos residentes e habituais utentes daquele largo e dos demais estabelecimentos e serviços ali instalados, para a necessidade de respeitar as seguintes indicações:

-Desde as 06h00, e durante o período indicado, o estacionamento vai estar interdito no troço da rua de São Sebastião;

-Ficam interditas as atividades e trabalhos, ainda que temporários, de cargas e descargas e obras ou eventos de qualquer natureza que ocupem a via pública.

Esclarecimentos adicionais podem ser obtidos junto da Câmara Municipal de Monchique, entidade organizadora do evento.

Comentários

pub
pub