Uma fragata e muitos projetos para apresentar no Dia da Europa em Portimão

Portimão vai acolher as comemorações do Dia da Europa no Algarve, amanhã, quarta-feira, dia 9 de Maio, e já viu […]

Portimão vai acolher as comemorações do Dia da Europa no Algarve, amanhã, quarta-feira, dia 9 de Maio, e já viu chegar o convidado especial da festa. A fragata “Hermione” atracou esta terça-feira em Portimão, após a sua chegada ter sido acompanhada por dezenas de embarcações, e será um dos elementos centrais do programa, que também contempla uma apresentação sobre os projetos de Portimão candidatos aos fundos da União Europeia do CRESC Algarve 2020.

Entre as 9h00 e as 23h00 de amanhã será possível visitar a fragata “Hermione”, uma réplica do navio utilizado pelo Marquês de Lafayette para chegar à América do Norte, em 1780, onde combateu ao lado dos insurrectos na Guerra da Independência dos Estados Unidos, navio que é «um verdadeiro símbolo da luta pela democracia e que dá o mote para um dia que será vivido no espírito da lusofonia e francofonia», segundo a Câmara de Portimão.

Esta data e a visita da fragata “Hermione” «ficarão assinaladas de forma especial no Porto de Portimão através de uma pintura alusiva à ocasião».

Às 11h30, Francisco Serra, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, entidade que coorganiza as comemorações do Dia da Europa no Algarve, vai visitar as obras em curso no Jardim 1º de Dezembro, «um dos vários projetos do município que beneficiam de apoio financeiro da União Europeia».

Segue-se, no Café Concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, uma sessão de trabalho na qual serão apresentados todos os projetos e ações em curso ou previstas para Portimão no Programa Operacional regional em vigor, «que no total se traduz num investimento público de cerca de cinco milhões de euros, com uma comparticipação comunitária de cerca de dois milhões», segundo a autarquia portimonense.

Projeto Reabilitação Urbana do Largo da Igreja Matriz Portimão

Entre esses projetos contam-se a requalificação da zona envolvente da Igreja Matriz, a requalificação do Jardim 1º de Dezembro, a reabilitação do Antigo Edifício da Lota (1ª fase), o projeto Alvor Vivo, para requalificação da Casa do Salva Vidas e respetiva musealização, a reabilitação da Escola EB 2, 3 Prof. José Buísel, a recuperação do Palácio Abreu (antigo edifício da Junta de Freguesia de Alvor) e a instalação de equipamentos e estruturas de apoio no conjunto pré-histórico de Alcalar.

Às 14h30, também no Café Concerto do TEMPO, será promovida uma sessão aberta ao público sobre a estratégia nacional pós 2020, o ano em que acaba o atual Quadro Comunitário de Apoio. A ideia é envolver «os cidadãos, as empresas e as instituições no processo de construção de uma estratégia, que se deseja partilhada e que contemple a discussão dos grandes desígnios e desafios regionais para a próxima década, envolvendo os variados atores económicos e sociais da região».

O Museu de Portimão também se juntará à festa e vai estar de portas abertas, «convidando todos interessados para uma visita gratuita a este equipamento cultural que foi desenvolvido com o apoio dos fundos da União Europeia». Às 16h00, decorre no auditório do Museu de Portimão um seminário subordinado ao tema “A Lusofonia e a Francofonia na hora da escolha”.

Quem estiver em Portimão esta quarta-feira também pode contar com um programa de animação que incluiu a atuação do Rancho Folclórico de Messines, às 21h00, seguido por uma noite de france-show “Whesley”.

As celebrações do Dia da Europa são uma organização conjunta da CCDR Algarve, do Centro de Informação Europe Direct do Algarve, do programa operacional CRESC Algarve 2020 e do Município de Portimão.

Comentários

pub
pub