“A representação dos moinhos na literatura da Antiguidade” é tema de conferência em Milreu

“A representação dos moinhos na literatura da Antiguidade” é o tema de uma conferência na próxima quarta-feira, 30 de Maio, […]

“A representação dos moinhos na literatura da Antiguidade” é o tema de uma conferência na próxima quarta-feira, 30 de Maio, às 18h00, nas Ruínas Romanas de Milreu, em Estoi (Faro).

«Os moinhos eram usados na Grécia Antiga e em Roma, com as funções que ainda hoje lhes conhecemos. Esta perenidade também nos chegou através da literatura e serão alguns desses exemplos que serão analisados», explica a Direção Regional de Cultura do Algarve.

A conferência será dada por Ana Isabel Soares, doutorada em Teoria da Literatura pela Universidade de Lisboa e professora auxiliar na Universidade do Algarve, onde tem tido a cargo aulas nas áreas de Literatura Inglesa, Teoria da Literatura, Literatura e Cinema, História do Cinema, Teoria da Imagem, e Estudos Culturais e onde dirige o Mestrado em Comunicação, Cultura e Artes.

Fez pós-doutoramento sobre Poesia e Cinema Documental Português (Faculdade de Letras de Lisboa, 2009-2010). É membro integrado do CIAC-Centro de Investigação em Artes e Comunicação. Tem publicado artigos e orientado seminários em várias universidades sobre literatura portuguesa (principalmente poesia contemporânea) e sobre cinema português.

Esta iniciativa, que vai na sua 4ª edição, está integrada no programa DiVaM 2018 – Dinamização e Valorização dos Monumentos – e resulta de uma parceria entre a Direção Regional de Cultura do Algarve, a CÍVIS – Associação para o aprofundamento da Cidadania, a Universidade do Algarve (UAlg), a Associação Portuguesa de Estudos Clássicos e tem a coordenação científica de Adriana Freire Nogueira, professora da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da UAlg.

A participação é gratuita, condicionada às vagas existentes, por ordem de chegada. Esta conferência está inserida no ciclo “Amatores in Situ”.

Comentários

pub
pub