Braga x Portimonense: «Não vai ser um jogo fácil»

«Não vai ser um jogo fácil», mas «nós também temos ambições, temos as nossas armas». As palavras são de Ricardo […]

«Não vai ser um jogo fácil», mas «nós também temos ambições, temos as nossas armas». As palavras são de Ricardo Ferreira, guardião das redes do Portimonense, que amanhã, 13 de Agosto, às 18h00, estará em Braga para defrontar o Sporting local, em partida da 2ª jornada da Primeira Liga.

Na antevisão do jogo, esta manhã, no Estádio Municipal de Portimão, enquanto a formação algarvia se aprontava para partir em direção ao Norte, o treinador Vítor Oliveira admitiu que o Braga é «uma equipa muito forte, de muito boa qualidade, muito bem trabalhada». No entanto, assegurou: «queremos fazer boa figura e vamos esperançados claramente num bom resultado».

«A vitória no primeiro jogo é sempre importante», acrescentou Vítor Oliveira, referindo-se ao triunfo do Portimonense sobre o Boavista na 1ª jornada deste regresso dos algarvios à Primeira Liga, disputada em casa na passada segunda-feira. Com o 2-1 sobre os axadrezados, o Portimonense até parte para a 2ª jornada à frente do seu adversário de amanhã, o Sporting de Braga, que perdeu no seu jogo de estreia frente ao Benfica.

Mas Vítor Oliveira tem consciência da diferença entre as duas formações e por isso salientou: «sabemos quais são os pontos fortes e as debilidades do Braga» e serão estas últimas que o Portimonense tentará explorar. «Estamos preparados para um jogo com grau de dificuldade elevadíssima», acrescentou o técnico. Mas, afiançou, «a equipa está motivada, está confiante».

Pelo mesmo diapasão afinou o guarda-redes Ricardo Ferreira: «o Braga é claramente favorito», até porque tem «um orçamento completamente diferente e outros objetivos».

O guardião da formação algarvia é natural de Braga e esta é a primeira vez que, na Primeira Liga, jogará na sua terra natal. Mas isso, garantiu, não o vai afetar. «tenho lá muitos amigos, mas não vai fazer diferença».

Entretanto, o técnico Vítor Oliveira manifestou a sua «preocupação» com a falta de reforços do Portimonense. «Estou algo preocupado, mas estamos a trabalhar para ter, no mais curto espaço de tempo, os reforços que pretendemos». Quanto às saídas, além das já anunciadas, o treinador garantiu que «a porta está fechada».

O Portimonense defronta amanhã, domingo, às 18h00, no Estádio Municipal de Braga, o Sporting de Braga. O encontro será dirigido pelo árbitro internacional João Capela.

De Portimão, logo de manhã, vai sair um autocarro com adeptos, além dos que lá irão assistir à partida, pelos seus próprios meios.

João Carlos Santos Capela, de 43 anos, filiado na Associação de Futebol de Lisboa, é o juiz nomeado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para dirigir o jogo de domingo com o Sporting de Braga, referente à 2ª jornada da Liga NOS.

O internacional lisboeta que vai ser assistido por Tiago Rocha e Bruno Jesus, tem como 4º árbitro Fábio Piló e como Observador Paulo Costa. Os Delegados são Carlos Carmo e António Reis. Gonçalo Martins é o Vídeo Árbitro (VAR), enquanto Bruno Trindade é o Assistente Vídeo Árbitro (AVAR).

Comentários

pub
pub