Alarcón vence a Volta, “algarvio” Vicente de Mateos no pódio

O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu hoje, pela primeira vez ,a Volta a Portugal em bicicleta, ao terminar em […]

Vicente de Mateos – foto do facebook do Louletano

O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu hoje, pela primeira vez ,a Volta a Portugal em bicicleta, ao terminar em 2º a décima e última etapa, um contrarrelógio em Viseu, ganho pelo seu compatriota e colega Gustavo Veloso.

No pódio desta 79ª edição da prova, ficam ainda o algarvio Amaro Antunes, a correr pela W52-FC Porto, bem como outro “algarvio”, o espanhol Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), que foram 2º e 3º classificados, respetivamente.

Na etapa final, um ‘crono’ de 20,3 quilómetros disputado em Viseu, Gustavo Veloso venceu com o tempo de 26.00 minutos, menos 15 segundos do que Alarcón, enquanto o também espanhol Alejandro Marque (Sporting-Tavira) foi terceiro, a 18 segundos.

No top10 da prova, as equipas do Algarve conseguiram colocar três ciclistas: um do Louletano-Hospital de Loulé (Vicente de Mateos, em 3º), e dois do Sporting-Tavira (Rinaldo Nocentino, em 4º, e Alejandro Marque, em 5º).

Entre as 17 equipas em prova, o Sporting-Tavira garantiu a 4ª posição, enquanto o Louletano-Hospital de Loulé foi 6º.

Depois de o francês Damien Gaudin ter vencido o prólogo em Lisboa, Raúl Alarcón assumiu a liderança no segundo dia, ao vencer a primeira etapa, em Setúbal, e não mais largou a camisola amarela, completando os 1.626,9 quilómetros do percurso 41:46.14 horas, com 1.23 minutos de vantagem sobre Antunes e 5.25 em relação a De Mateos.

Amaro Antunes leva para casa a camisola azul, do prémio da montanha, e De Mateos a verde, de vencedor da classificação por pontos, enquanto o letão Krists Neilands (Israel Cycling Academy) segurou a camisola branca até final, confirmando-se como melhor jovem, com o seu 10ª lugar final.

 

Classificação da 10ª etapa:

1. Gustavo Veloso, Por (W52-FC Porto), 26.00 minutos
2. Raúl Alarcón, Esp (W52-FC Porto), a 15 segundos
3. Alejandro Marque, Esp (Sporting-Tavira), a 18
4. António Carvalho, Por (W52-FC Porto), a 24
5. Vicente García de Mateos, Esp (Louletano-Hospital de Loulé), a 36
6. Ricardo Mestre, Por (W52-FC Porto), a 41
7. Damien Gaudin, Fra (Armée de Terre), a 44
8. Théry Schir, Sui (Team Vorarlberg), a 53
9. Rinaldo Nocentini, Ita (Sporting-Tavira), a 57
10. Amaro Antunes, Por (W52-FC Porto), a 1.07 minutos

 

Classificação geral final:

1. Raúl Alarcón, Esp (W52-FC Porto), 41:46.14 horas
2. Amaro Antunes, Por (W52-FC Porto), a 1.23 minutos
3. Vicente García de Mateos, Esp (Louletano-Hospital de Loulé), a 5.25
4. Rinaldo Nocentini, Ita (Sporting-Tavira), a 5.54
5. Alejandro Marque, Esp (Sporting-Tavira), a 7.10
6. António Carvalho, Por (W52-FC Porto), a 7.25
7. João Benta, Por (RP-Boavista), a 7.54
8. Henrique Casimiro, Por (Efapel), a 8.11
9. Sérgio Paulinho, Por (Efapel), a 8.36
10. Krists Neilands, Let (Israel Cycling Team), a 9.35

 

Classificação por pontos:

1. Vicente García de Mateos, Esp (Louletano-Hospital de Loulé), 142 pontos
2. Raúl Alarcón, Esp (W52-FC Porto), 130
3. Gustavo Veloso, Por (W52-FC Porto), 111

 

Classificação geral por equipas:

1. W52-FC Porto, Por, 125:26.02 horas
2. RP-Boavista, Por, a 23.49 minutos
3. Efapel, Por, a 28.08
4. Sporting-Tavira, Por, a 43:32
5. Metalusa Blackjack, Por, a 1:00:20
6. Louletano-Hospital de Loulé, Por, a 1:23:38

 

Classificação da montanha:

1. Amaro Antunes, Por (W52-FC Porto), 60 pontos
2. Mikel Bizkarra, Esp (Euskadi-Murias), 56
3. João Matias, Por (LA Alumínios-Metalusa-Blackjack), 48

 

Classificação da juventude:

1. Krists Neilands, Let (Israel Cycling Team)
2. Luís Gomes, Por (RP-Boavista)
3. Chris Prendergast, Can (H&R Block)

Comentários

pub
pub