Autarca de Almodôvar preocupado com despedimentos nas Minas de Neves Corvo

A possibilidade de despedimentos nas Minas de Neves Corvo, em Castro Verde, está a preocupar o presidente da Câmara Municipal […]

Minas Neves-CorvoA possibilidade de despedimentos nas Minas de Neves Corvo, em Castro Verde, está a preocupar o presidente da Câmara Municipal de Almodôvar António Bota. Segundo a autarquia alentejana, «muitas famílias no concelho de Almodôvar dependem em parte, ou no seu todo, desta indústria mineira e dos postos de trabalho que a mesma gera».

Em nota de imprensa, a Câmara de Almodôvar diz que António Bota está apreensivo quanto «ao desfecho e consequências sobre a notícia dos eventuais despedimentos levados a cabo por subempreiteiros que laboram nas minas».

A autarquia adianta que a situação já foi discutida em reuniões com a administração, no início deste ano e «foi consensualmente verificado que a empregabilidade no concelho de Almodôvar ficará muito afetada com a redução de postos de trabalho nas minas de Neves Corvo, assim como foi garantido que não haveria despedimentos significativos, mas apenas pequenos ajustes na produção ou eventuais mudanças de subempreiteiros».

«No concelho de Almodôvar, não abundam indústrias, sendo que o peso da minas é de extrema relevância para o desenvolvimento económico e social do nosso concelho, bem como dos vizinhos», acrescenta a autarquia.

Por isso, a Câmara Municipal de Almodôvar espera «que eventuais despedimentos sejam simples manobras entre empresas» e que «não signifiquem reais despedimentos, mas sim mudanças de subempreiteiros».

António Bota vai solicitar uma reunião com a nova administração para «clarificar e sensibilizar para importância da manutenção de postos de trabalho nesta região».

Comentários

pub
pub