Mercado de Querença de março destaca as ervas silvestres

As ervas silvestres vão estar em destaque no Mercado de Querença de março, que decorrerá no próximo dia 29, naquela […]

Mercado Querença Março 2015As ervas silvestres vão estar em destaque no Mercado de Querença de março, que decorrerá no próximo dia 29, naquela aldeia do interior de Loulé, entre as 10 e as 13 horas.

Beldroegas, acelgas, urtigas, hortelã-da-ribeira são alguns exemplos da flora silvestre que ali se poderá encontarar, e que pode ser utilizada na gastronomia ou em infusões.

Além destes produtos da terra, que valem não só pelo seu poder nutritivo, mas também pelo medicinal, a feira oferece produtos hortícolas e gastronómicos, produzidos localmente, e artesanato, bem como atividades temáticas.

Um passeio em torno da aldeia de Querença, guiado por um experiente botânico da região, o Coronel Rosa Pinto, é uma das propostas do Projeto Querença, que revitalizou este mercado mensal e ajuda a população local a dinamizá-lo. No périplo, serão dadas a conhecer as plantas que crescem naturalmente naquela zona do Barrocal.

As crianças também terão uma atividade a si dedicada, um «Workshop de Pintura», onde serão utilizadas tintas à base de cal, uma iniciativa do «Projeto Barroca».

O Mercado de Querença é uma iniciativa que tem vindo a crescer e conta atualmente com mais de 25 bancas de produtos locais, desde artesanato, arte, escultura, doçaria, vinho, produtos hortícolas, frutos secos, entre outros. Realiza-se no último domingo de cada mês, várias vezes por ano, e conta com o apoio da União de freguesias de Querença, Tôr e Benafim, bem como da Câmara Municipal de Loulé.

Comentários

pub
pub