Morreu Paulo Pinheiro, o homem que sonhou o Autódromo Internacional do Algarve

É a Paulo Pinheiro que se deve também muito a vinda do MotoGP para Portugal, bem como da Fórmula 1 para o Algarve

Paulo Pinheiro – Foto: Elisabete Rodrigues | Sul Informação

Paulo Pinheiro, CEO do Autódromo Internacional do Algarve, morreu esta quarta-feira, 10 de Julho, aos 52 anos, em França, onde estava internado. 

Ao que o Sul Informação apurou junto de um amigo da família, Paulo Pinheiro estava internado já há algumas semanas num hospital da cidade francesa de Toulon devido a um problema agudo de saúde, mas a notícia da sua morte apanhou todos de surpresa.

Engenheiro mecânico de formação e ex-piloto, Paulo Pinheiro foi o homem que sonhou a construção do Autódromo Internacional do Algarve, na sua cidade natal, Portimão. O sonho seria cumprido em 2008.

Esta seria a primeira parte do projeto global Algarve Motor Park, que tinha tido início em 2001.

Em 2004, cria e torna-se diretor de equipa da Parkalgar Racing Team. Em parceria com a Honda, a equipa participa no Campeonato do Mundo de Motociclismo, com o duplo objetivo de competir e promover internacionalmente o Autódromo. Este projeto terminaria em 2011, após a conquista de 12 vitórias e dois vice-campeonatos mundiais.

É a Paulo Pinheiro que se deve também muito a vinda do MotoGP para Portugal… bem como o regresso da Fórmula 1 que teve uma etapa, em 2021, em Portimão.

Graças à sua visão, o Autódromo Internacional do Algarve é já bem mais que um circuito para corridas de automobilismo e motociclismo. Em breve, deverá ser inaugurado o Celerator, parque tecnológico que tem como entidades fundadoras a Parkalgar e Universidade do Algarve.

 

Leia mais um pouco!
 
Uma região forte precisa de uma imprensa forte e, nos dias que correm, a imprensa depende dos seus leitores. Disponibilizamos todos os conteúdos do Sul Infomação gratuitamente, porque acreditamos que não é com barreiras que se aproxima o público do jornalismo responsável e de qualidade. Por isso, o seu contributo é essencial.  
Contribua aqui!

 



Comentários

pub