Miguel Oliveira relembra Paulo Pinheiro como «um herói»

O piloto português era presença habitual no Autódromo Internacional do Algarve

Foto: Mariana Carriço | Sul Informação

Miguel Oliveira, piloto português que corre no MotoGP, reagiu esta quarta-feira, 10 de Julho, à morte de Paulo Pinheiro, CEO do Autódromo Internacional do Algarve, lembrando-o como «um herói para todos nós». 

«Nós que amamos o desporto motorizado não podemos ficar indiferentes à obra do Paulo», escreveu o piloto português, na sua conta de Instagram.

«O sonho dele tornou-se realidade e nele pudemos todos nós sonhar e construir memórias que perdurarão para sempre. Um homem como tu, Paulão, nunca morre: vives através da obra que deixas e nos nossos corações para todo o sempre», acrescenta.

Miguel Oliveira confessa ainda ter perdido «um amigo».

O piloto português era presença habitual no Autódromo Internacional do Algarve. Foi, aliás, no circuito algarvio que Miguel Oliveira alcançou uma das maiores vitórias da sua carreira, quando ganhou o Grande Prémio de Portugal, de MotoGP, em 2020.

Paulo Pinheiro morreu esta quarta-feira, aos 52 anos, em França, onde estava internado já há algumas semanas devido a um problema agudo de saúde.

 



Comentários

pub