Lagoa lança obra que aumentará dez vezes a capacidade do Reservatório das Sesmarias

Esta será uma das obras «mais importantes na área da eficiência hídrica», no concelho

Já arrancou a obra de requalificação do Reservatório das Sesmarias, em Lagoa, uma das intervenções «mais importantes na área da eficiência hídrica, que irá permitir aumentar a capacidade de armazenamento de água de 600 para 6 680 metros cúbicos (m3), para além de dotar o reservatório com tecnologia moderna e atualizada», segundo a Câmara lagoense.

Esta obra, orçada em 2 milhões e 500 mil euros e com a duração estimada de 365 dias, contempla «a demolição das duas células apoiadas com 250 m³ cada e de 1 célula de 100 m³, bem como a construção de duas novas com capacidade de 3 340 m³ cada, ligadas entre si através de uma câmara de manobras a construir e o desvio das condutas para a Boavista e Mato Serrão para a estrada principal».

«Visa ainda dotar esta infraestrutura com equipamento elétrico e eletromecânico adaptado à atual realidade, nomeadamente, medidores de caudal eletromagnéticos, medidores de nível ultrassónicos e hidrostáticos, boia de nível tipo flutuante, transmissores de pressão, doseadores de hipoclorito de sódio, sistema de monitorização de cloro residual/pH, instalar luminárias LED e ainda, a instalação de grupos de bombagem com quadro elétrico e a instalação de Grupo de Gerador de Emergência», acrescentou a Câmara de Lagoa.

O Reservatório das Sesmarias, que foi construído nos anos 60, «abrange uma zona de influência que contempla as zonas de Carvoeiro, Mato Serrão e Sesmarias. Dada a antiguidade das adutoras que abastecem esta infraestrutura, bem como, a pouca quantidade de reserva face à zona abastecida, ocorre com alguma frequência falhas de abastecimento com tempos que chegam a ser até 12 horas».

«Assim, com a substituição da conduta adutora das Sesmarias, com a empreitada que está a decorrer, e com a requalificação do Reservatório das Sesmarias, aumentando a capacidade de reserva e dotando-o de tecnologia com capacidade para prever roturas, prevê-se que o problema de interrupção de abastecimento de água, naquela zona do concelho, deixe de acontecer», realçou a Câmara.

Com o aumento da capacidade de armazenamento, «mesmo que ocorra uma rotura, o Reservatório das Sesmarias estará preparado para continuar a abastecer todos os locais, uma vez que terá autonomia superior a 24 horas».

«Esta é uma obra de extrema importância para o concelho, no que à eficiência hídrica diz respeito. Irá permitir que deixe de haver cortes no abastecimento de água, sempre que houver uma rotura. Para além de evitar o constrangimento do corte de água, irá permitir reduzir a perda da mesma», afirmou Luís Encarnação, presidente da Câmara de Lagoa.

 

 

 



Comentários

pub