PS vence as Eleições Europeias no Algarve

Abstenção foi bem menor do que em 2019

Eleições Europeias 2024 em Faro – Foto: Luís Forra | Agência Lusa

O PS venceu as eleições no Algarve, com 29,46% (48.003 votos), seguido de perto pela Aliança Democrática (AD), que arrecadou 28,2% (46.020).

O Chega foi em 3º lugar, com uma percentagem de 14,34% (23.401), seguindo-se a Iniciativa Liberal, que foi a quarta força mais votada (9,27%, 15.123)

Seguem-se o BE (505%), CDU (4,05%), Livre (3,66%), PAN (1,47%), ADN (1,45%), Ergue-te (0,30%), Volt (0,26%), Nova Direita (0,16%), RIR (0,16%), MAS (0,13%), NOS (0,12%), MPT (0,12%) e PTP (0,07%).

O PS ganhou em 14 dos concelhos algarvios, tendo registado a sua maior votação em Alcoutim (38,63%), seguido de Monchique (38,11%) e Vila Real de Santo António (33,93%).

A Aliança Democrática foi a força mais votada nos restantes dois concelhos: Loulé, onde obteve 32,78%, e Albufeira (31,43%), tendo ficado em segundo em 14 concelhos.

O Chega foi a terceira força política em 15 municípios. A exceção é Aljezur, onde o terceiro partido mais votado foi a Iniciativa Liberal (12,6%), que relegou o Chega para quarto (11,45%). Lagoa (17,5%) foi o concelho onde o partido de André Ventura alcançou a votação mais alta.

A nível regional, houve 1717 votos em branco (1,07%) e 1111 nulos.

A abstenção foi de 57,8%, um valor bem abaixo do de 2019.

Tendo em conta os votos em mobilidade, ou seja, que qualquer pessoa podia votar fora do concelho e freguesia onde está recenseada, os dados por concelho e na região podem não significar exatamente que os habitantes desse concelho votaram dessa forma.

Veja a infografia, ainda em atualização, com todos os dados por concelho aqui.

 



Comentários

pub