Plataforma Mais Algarve lança «um debate necessário» sobre a construção da dessalinizadora

Foram convidados diversos oradores, mas também será dada oportunidade ao público de intervir

A Plataforma Mais Algarve vai promover uma sessão pública crítica, onde lançará o «debate necessário» sobre a construção de uma dessalinizadora no Algarve, no dia 15 de Junho, às 17h00, no auditório do Centro Autárquico de Quarteira.

A iniciativa vai contar com intervenções de Cláudia Sil, de uma investigadora do CCMAR e de representantes da Universidade do Algarve, PAS-Plataforma Água Sustentável e Quarpesca -Associação dos Armadores e Pescadores de Quarteira. Além dos oradores convidados, «o debate estará aberto à manifestação de opiniões, comentários e perguntas dos participantes na sessão», segundo os organizadores.

Apesar de admitir que a «questão da água é crucial no Algarve», a Plataforma Mais Algarve questiona a pertinência da construção de uma dessalinizadora.

«Muitos entendem que estes milhões de investimento não se justificam e muitos também acham que os impactos ambientais e sociais decorrentes são mais prejudiciais que os supostos benefícios decorrentes» da construção.

A Plataforma Mais Algarve é um grupo autónomo de aderentes, ex-aderentes do Bloco de Esquerda e outros ativistas de esquerda, «com a vontade militante de renovar e redinamizar a atividade política na região».

 

 



Comentários

pub