CCDR lança “Dias Abertos” para mostrar bons exemplos de aplicação de fundos europeus

Primeira visita guiada acontece já na terça-feira

Centro de Simulação Clínica – Imagem de arquivo

Projetos apoiados por fundos europeus, no Algarve, que se destacaram pela positiva e pelo impacto que tiveram na região, vão ser dados a conhecer a todos os interessados ao longo dos próximos meses, durante um conjunto de “Dias Abertos”, o primeiro dos quais terá lugar já esta terça-feira, dia 18, às 14h30, e se focará no novo Centro de Simulação Clínica da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve.

Nesta ocasião, qualquer cidadão pode ficar a conhecer in loco esta unidade de formação médica avançada, existente no Campus da Gambelas da Universidade do Algarve, cujas boas condições «metem inveja a muita gente», como afirmou ao Sul Informação Jonathan Tilsed, diretor da Sociedade Europeia de Trauma e Emergência Cirúrgica, à margem do Curso Europeu de Emergência Cirúrgica, que o Algarve acolheu em Outubro de 2023.

Para isso, é obrigatória uma inscrição prévia, que deve ser feita através deste link.

«O Centro de Simulação Clínica da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas presta ensino pré-graduado e pós-graduado e permite a formação e desenvolvimento profissional ao longo da vida para os profissionais de saúde da região sul do país. Trata-se de um projeto que junta a Universidade do Algarve, o CHUA, o ABC, o Município de Loulé e os demais Municípios do Algarve», descreve a CCDR do Algarve.

Este centro contou com um financiamento de 85% do Programa Operacional CRESC Algarve 2020, «o qual permitiu que fosse equipado com material de topo, podendo ser considerado como um dos Centros de Simulação Clínica ao nível do que melhor se faz na Europa».

Este é a apenas um de vários projetos que a Autoridade de Gestão do Programa Regional do Algarve 2030 irá focar na iniciativa “Dias Abertos”, que se realiza no âmbito do programa “Os Fundos Europeus na minha Região” e se prolongará até Outubro.

Ao longo de cinco meses, «os cidadãos serão convidados a conhecer, através de visitas guiadas, projetos ligados a diferentes áreas, designadamente solidariedade social, saúde, inovação e ciência, passando por projetos empresariais, cultura e património cultural».

«Esta ação tem como objetivo sensibilizar e incentivar os cidadãos a descobrirem projetos financiados pela União Europeia perto do local onde vivem, evidenciando a importância dos fundos europeus para o desenvolvimento regional», ilustrou a CCDR Algarve.

Até porque, salienta a mesma entidade, estes investimentos estratégicos, com a alocação de fundos europeus a áreas de especialização, em ciência e investigação, «são essenciais para o progresso da região».

«Queremos destacar como exemplo de boa aplicação dos fundos europeus, de como no Algarve se Faz Bem, respondendo, também, ao desígnio de melhoria das qualificações, formação especializada na área da saúde, transição digital», conclui a CCDR.

 

Leia mais um pouco!
 
Uma região forte precisa de uma imprensa forte e, nos dias que correm, a imprensa depende dos seus leitores. Disponibilizamos todos os conteúdos do Sul Infomação gratuitamente, porque acreditamos que não é com barreiras que se aproxima o público do jornalismo responsável e de qualidade. Por isso, o seu contributo é essencial.  
Contribua aqui!

 



Comentários

pub