Algarve vai ter o primeiro sistema local de saúde do país que une setores público, privado e social

Segundo a ministra da Saúde, que também assegura que o Hospital Central está a avançar

O Algarve vai ter o primeiro sistema local de saúde no país, que unirá os setores público, social e privado, anunciou ontem, dia 12, Ana Paula Martins, ministra da Saúde, na Comissão de Saúde da Assembleia da República.

Na mesma ocasião, a ministra assegurou que o processo do novo Hospital Central do Algarve está a avançar.

No que diz respeito ao sistema local de saúde a criar no Algarve, «vai abarcar todos os concelhos da região e estabelecerá uma relação de conjunto e articulação de meios entre o sistema público, social e privado de modo a otimizar os cuidados de saúde prestados e combater os estrangulamentos crónicos que a região enfrenta neste domínio», segundo o PSD Algarve.

«O Algarve é uma região diferente, por isso tem que ser tratado de forma diferente. Por isso, é que vamos ter o primeiro sistema local de saúde do país na região. E é por isso que o sr. primeiro-ministro vai clarificar a questão do cronograma do avanço do Hospital Central do Algarve», disse Ana Paula Martins, após ter sido interpelada pelos deputados do PSD.

O atual Governo já assumiu, de resto, que iria avançar com o novo hospital e «que a proposta em estudo é a de uma parceria público-privada que incluirá a gestão».

 

 

Leia mais um pouco!
 
Uma região forte precisa de uma imprensa forte e, nos dias que correm, a imprensa depende dos seus leitores. Disponibilizamos todos os conteúdos do Sul Infomação gratuitamente, porque acreditamos que não é com barreiras que se aproxima o público do jornalismo responsável e de qualidade. Por isso, o seu contributo é essencial.  
Contribua aqui!

 



Comentários

pub