VRSA tem novo Posto de Turismo para reforçar a promoção do que acontece no concelho

Executivo camarário quer construir um terceiro posto nos próximos meses

Foto: Hugo Rodrigues | Sul Informação

O novo Posto de Turismo de Vila Real de Santo António, a segunda estrutura do género deste concelho, foi inaugurado na segunda feira, 13 de Maio, no dia em que esta localidade celebrou 248 anos desde a sua fundação.

«Este posto de turismo insere-se na estratégia de promoção para o nosso concelho, sobretudo para promover o concelho na época baixa, porque, como nós costumamos dizer, no Verão não precisamos de o fazer. O que nós temos que apostar é em manter o emprego durante a época baixa e penso que o temos conseguido, com todos os eventos que temos organizado» fora do período de Verão, ilustrou ao Sul Informação Álvaro Araújo, presidente da Câmara de VRSA, à margem da inauguração do novo posto, situado bem próximo da Baixa Pombalina de VRSA,

«Vamos continuar a apostar nisso, mas temos de fazer promoção, porque realizar eventos na época baixa sem fazer a respetiva divulgação, é quase votá-los ao insucesso e nós não queremos isso», acrescentou.

O posto inaugurado esta semana é, na visão de Álvaro Araújo,  «um espaço com estilo, com classe e com qualidade, que vai ser uma mais-valia para a promoção turística do concelho».

«A seguir a este, temos a intenção de inaugurar, daqui a uns meses, o posto de turismo de Monte Gordo, para juntar aquele que já existia, que é o posto de turismo da Manta Rota», revelou.

 

Foto: Hugo Rodrigues | Sul Informação

 

Também presente na inauguração do posto esteve André Gomes, presidente da Região de Turismo do Algarve, que salientou que Vila Real de Santo António é o 11º concelho do país com mais dormidas – o sexto no Algarve – «com mais de um milhão e 90 mil dormidas»

«Isto espelha bem aquilo que é a importância da oferta proporcionada pelo VRSA, tanto a turistas nacionais, como a turistas internacionais, com um peso importante ao nível do mercado espanhol», muito graças a todo trabalho promocional que é feito pela Eurocidade, na qual este município está inserido.

No posto inaugurado na segunda-feira, «a aposta será, claramente, prestar informação sobre «a oferta proporcionada por Vila Real de Santo António e na região, não só ao nível do património e do turismo natureza, mas também das nossas praias».

O presidente do Turismo do Algarve disse ainda que os 21 postos de turismo algarvios prestaram «quase 400 mil atendimentos presenciais em 2023», algo que reflete o papel «muito importante» que esta rede desempenha.

Mais do que um novo local onde os turistas podem obter informações sobre os atrativos do território, o novo Posto de Turismo de VRSA acaba por ser um símbolo da aposta que o município de vilarealense está a fazer no desenvolvimento turístico do concelho.

«Nós estamos apostados a que venham para aqui unidade hoteleiras de 5 estrelas. Temos um Centro de Alto Rendimento no Complexo Desportivo, que é um dos melhores, os mais apetecíveis da Europa. Muitas vezes, só não vêm as grandes equipas, por exemplo, do futebol, porque nós não temos um hotel de 5 estrelas com dimensão para as acolher, uma vez que elas trazem muita gente atrás», disse Álvaro Araújo.

Quanto ao elevado número de dormidas, que coloca VRSA no topo da lista dos 308 municípios do país, ao nível das dormidas turísticas, isso «só demonstra que a nossa estratégia tem sido a mais correta», em particular a aposta em eventos, diz o autarca.

Um deles é o Festival Setecentista, marcado para os dias 17, 18 e 19 de Maio, «que já o ano passado foi um êxito e que nesta segunda edição contamos que ainda seja melhor, com a promoção que fizemos».

A edição deste ano do evento pode ser vista como o pontapé de saída para a comemoração dos 250 anos de VRSA, uma vila construída de raiz após o grande terramoto de 1755, uma vez que se completam este ano os dois séculos e meio do lançamento da primeira pedra da nova vila, em 1774.

 

Fotos: Hugo Rodrigues | Sul Informação

 

Leia mais um pouco!
 
Uma região forte precisa de uma imprensa forte e, nos dias que correm, a imprensa depende dos seus leitores. Disponibilizamos todos os conteúdos do Sul Infomação gratuitamente, porque acreditamos que não é com barreiras que se aproxima o público do jornalismo responsável e de qualidade. Por isso, o seu contributo é essencial.  
Contribua aqui!

 



Comentários

pub