PSD/Faro: Lage toma posse como presidente e diz que é necessário «continuar trabalho» de Bacalhau

O autarca definiu as Autárquicas de 2025 como o grande objetivo dos sociais-democratas

Bruno Lage tomou posse, na passada quinta-feira, 16 de Maio, para um segundo mandato como líder do PSD/Faro e, no discurso, disse que é necessário «criar condições para continuar o trabalho de Rogério Bacalhau». 

Bruno Lage, que é presidente da União de Freguesias de Faro, tomou posse perante cerca de 250 pessoas, na simbólica Praça da Liberdade ( Pontinha).

O autarca definiu as Autárquicas de 2025 como o grande objetivo dos sociais-democratas.

 

 

 

 

«Temos que criar condições para continuar o trabalho de Rogério Bacalhau e melhorá-lo no que deve ser melhorado. Faro tem grandes desafios pela frente e tem que vencê-los», elencando matérias como a saúde, a habitação e a mobilidade como essenciais para desenvolver o concelho e a região.

Lage comprometeu-se com um partido mais aberto e sintonizado com os cidadãos e não escondeu que «será sempre uma voz ativa a favor de Faro».

Num fim de tarde muito participado, intervieram, além de Bruno Lage, Sebastião Bugalho, cabeça de lista da AD às Europeias, Cristóvão Norte, deputado e presidente do PSD Algarve, e Ofélia Ramos, que tomou posse como presidente da Assembleia de Militantes.

 

 



Comentários

pub