Incêndio de Aljezur está já «em resolução»

Diminuição do vento com o cair da noite e aumento da humidade devem ajudar bombeiros

O incêndio no concelho de Aljezur, na zona entre o alto da serra do Espinhaço de Cão e as Alfambras, está já em resolução, embora ainda por lá se mantenham 102 operacionais apoiados por 35 viaturas.

José Gonçalves, presidente da Câmara de Aljezur, disse ao Sul Informação que «agora estamos mais tranquilos», uma vez que, com o cair da noite, diminuiu a velocidade do vento, que chegou a soprar forte naquela zona da Costa Vicentina, além de se prever o aumento da humidade do ar.

O fogo, segundo o autarca, que começou numa zona de mato, ainda entrou num eucaliptal, mas como «à volta os terrenos estavam todos limpos», acabou por não evoluir muito.

O incêndio que deflagrou a meio da tarde de hoje, terça-feira, tendo o alerta sido dado às 14h59, obrigou à evacuação, «por precaução», de um parque de autocaravanas perto do parque éólico do Espinhaço de Cão, no topo desta serra.

Pelas 17h00, o incêndio, segundo o Comando Regional de Emergência e Proteção Civil (CREPC) chegou a ter «duas frentes».

 

 

Leia mais um pouco!
 
Uma região forte precisa de uma imprensa forte e, nos dias que correm, a imprensa depende dos seus leitores. Disponibilizamos todos os conteúdos do Sul Infomação gratuitamente, porque acreditamos que não é com barreiras que se aproxima o público do jornalismo responsável e de qualidade. Por isso, o seu contributo é essencial.  
Contribua aqui!

 



Comentários

pub