Festival MED: Loulé inaugura exposições dedicadas a Marrocos na sexta-feira

Marrocos é o país convidado dos 20 anos do MED

O Município de Loulé vai inaugurar esta sexta-feira, 31 de Maio, duas exposições integradas na programação do Festival MED’24 alusivas ao Reino de Marrocos, país convidado dos 20 anos deste evento.

As portas da Galeria de Arte do Convento do Espírito Santo abrem às 18h00 para dar a conhecer “Fragmentos de Humanidade”, com trabalhos do artista Moulay Youssef El Kahfaï, um dos nomes de referência da pintura contemporânea de Marrocos.

Moulay Youssef El Kahfaï nasceu em Marrakech, cidade onde vive e trabalha. Licenciou-se na Escola de Belas Artes de Tetuão e tem mais de trinta anos de uma carreira artística na qual as experiências mais fortes estão associadas à busca do que se passa no interior do ser humano, sendo essa busca o traço contínuo dos seus trabalhos.

O artista conhece Portugal há vários anos, tendo exposto na Casa da Cultura Islâmica e Mediterrânica de Silves, na Galeria do Palácio Presidencial da Cidadela de Cascais e na Galeria do Castelo de Mértola, e mantém contacto assíduo com artistas, curadores, críticos de arte e pensadores lusitanos.

Para esta nova exposição, “Fragmentos de Humanidade”, o autor selecionou obras recentes de pintura, colagens, gravuras e litografias, com uma forte visão de reflexão sobre o ser humano, nas suas interdependências, expressões, contradições e sentimentos.

A Exposição pode ser visitada até 6 de Julho, no seguinte horário, de terça-feira a sábado, das 10h00 às 13h30 e das 14h30 às 18h00.

Às 19h00 inaugura no Palácio Gama Lobo a Exposição “Artes e Técnicas Decorativas do Reino de Marrocos”, que evidencia algumas das principais artes decorativas utilizadas na Arquitectura Tradicional do Reino de Marrocos associadas aos respetivos materiais: os metais, a azulejaria e cerâmica, a madeira, a lã, a cal.

A Exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 18h00, e ao sábado, das 9h00 às 13h00.

 



Comentários

pub