ETIC_Algarve passa a ter a única licenciatura a Sul do Tejo em Videojogos

Aulas vão ter lugar ao final da tarde e à noite, para que os alunos «possam compatibilizar estes estudos com a sua vida» pessoal e profissional

Videojogos na ETIC_Algarve

A ETIC_Algarve, Escola de Tecnologias, Inovação e Criação de Algarve, situada em Faro, passou a ter a única licenciatura a Sul do Tejo em Videojogos, numa parceria com a Teesside University, de Middlesbrough, no Reino Unido.

A novidade foi anunciada ao Sul Informação por Nuno Ribeiro, diretor da ETIC_Algarve, que explicou que a licenciatura «decorre de uma estratégia que implementámos desde há cinco anos e que permite que os alunos dos cursos de dois anos da nossa escola possam ir fazer um terceiro ano fora, numa das universidades nossas parceiras, em Praga, Berlim, Barcelona, Vilnius e na Teesside University, em Inglaterra, para completar a licenciatura».

«Mas como se deu o Brexit, os ingleses começaram a analisar a possibilidade de as escolas suas parceiras internacionais, como é o caso da ETIC_Algarve, poderem, elas próprias, dar, no seu espaço, o terceiro ano, com a devida chancela deles».

Foi um processo de acreditação que «demorou cerca de um ano, um ano e pouco». A Teesside University reconheceu o curso de dois anos de Videojogos da ETIC_Algarve, deu equivalência a todos os módulos desse curso, permitindo que o aluno possa fazer na escola farense o terceiro ano, para obter uma licenciatura. A confirmação oficial chegou na passada semana.

Assim, a partir de agora, os alunos da ETIC_Algarve «que fazem aqui os dois anos já não precisam de sair desta escola para completar a sua licenciatura, podem manter-se aqui e fazer uma de duas licenciaturas, Game Design ou Game Development, uma mais voltada para a arte e outra mais voltada para a programação», explicou ainda Nuno Ribeiro.

Ou seja, os alunos de videojogos da escola especializada situada em Faro «passam a poder fazer na ETIC_Algarve toda a sua formação académica até chegar ao nível 6, que é o equivalente à licenciatura».

 

Teesside University visita a ETIC_Algarve

 

Estas novas licenciaturas em videojogos vão ter aulas ao final da tarde e à noite, para que os alunos «possam compatibilizar estes estudos com a sua vida, por vezes até profissional».

É que o público esperado é sobretudo composto pelos ex-alunos da ETIC_Algarve, que já lá estudaram nos anos anteriores. «Nesta fase inicial, o nosso público primordial são os nossos próprios ex-alunos, que já passaram aqui há dois, três anos ou no ano passado, e que agora vão poder fechar o seu ciclo formativo, fazendo connosco a sua licenciatura», explicou ainda Nuno Ribeiro.

Mas os novos cursos dirigem-se também «aos alunos que tenham realizado o seu percurso formativo fora da ETIC_Algarve, como, por exemplo,num Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) na área de Videojogos, realizado em qualquer universidade portuguesa, e que agora passam a poder candidatar-se e fazer o terceiro ano. Obviamente tem que ser analisado o seu portefólio e o plano curricular do próprio curso».

A partir daqui, «os alunos com esta licenciatura, podem depois continuar o seu percurso, se quiserem fazer mestrado, etc. E podem continuar o seu percurso em Portugal e fora de Portugal, porque este referencial é anglo-saxónico. Daí nós dizermos sempre que é o equivalente à licenciatura, porque o título é o de Bachelor of Arts, que é o nível 6 do quadro de qualificações da União Europeia».

A nova licenciatura na ETIC_Algarve, em parceria com a universidade inglesa de Teesside, é «reconhecida tanto na Europa como nos países anglo-saxónicos. Se um aluno depois quiser ir fazer um mestrado à Austrália ou aos Estados Unidos da América, pode ir», concluiu Nuno Ribeiro.

 

 

Leia mais um pouco!
 
Uma região forte precisa de uma imprensa forte e, nos dias que correm, a imprensa depende dos seus leitores. Disponibilizamos todos os conteúdos do Sul Infomação gratuitamente, porque acreditamos que não é com barreiras que se aproxima o público do jornalismo responsável e de qualidade. Por isso, o seu contributo é essencial.  
Contribua aqui!

 



 

 

Comentários

pub