Está quase aí o Festival Histórico “Vila Real de Santo António Setecentista”

À exceção do banquete, todos os eventos têm entrada livre

Vila Real de Santo António recebe, já a partir desta sexta-feira, 17 de Maio, a segunda edição do Festival Histórico “Vila Real de Santo António Setecentista”.

Desde as recriações, passando pelos cortejos, espetáculos, animações, mercados e banquetes não vão faltar motivos para conhecer a vida quotidiana da vila, no século XVIII, destacar a sua importância histórica e cultural e ver todas as personagens de época.

Com entrada livre, este é um novo evento âncora, promovido pela Câmara de Vila Real de Santo António, que promete três dias de viagem ao passado, num ambiente e cenário únicos, constituídos pelo traçado urbano da zona histórica e pela imponência da Praça Marquês de Pombal e da frente ribeirinha.

Os cortejos pelas ruas do Centro Histórico constituirão um dos pontos altos do evento, reavivando uma tradição já enraizada na cidade, com a participação de centenas de pessoas. O primeiro decorre no dia 18 (sábado), às 18h30, enquanto o segundo cortejo, noturno, acontece no domingo, dia 19, a partir das 20h30.

Ao longo do fim de semana, haverá animações teatro-circenses, com diversos ambientes cénicos, retratando episódios históricos ou cenas da vida quotidiana nos 11 palcos preparados para o efeito. Destaque ainda para o concerto de música barroca, no dia de abertura, na Igreja Matriz, com o Ensemble en Trio Statera, e para os espetáculos de danças barrocas, durante todo o evento.

No mercado, serão vendidos manjares frescos e acepipes doces, além do artesanato tradicional. Tudo isto será rematado com divertimentos para os mais novos.

No sábado, dia 18, um dos pontos altos da noite será o banquete, no Centro Cultural António Aleixo. Aqui, os comensais terão a oportunidade de desfrutar do requinte e da magia de um manjar em homenagem a D. José I. Os protocolos, a etiqueta, a gastronomia da época e os espetáculos variados fazem parte do menu.

Além de um intenso programa de animação, o último dia do festival, a 19 de Maio (domingo), encerra com chave de ouro: um grandioso espetáculo final de videomapping, na Avenida da República, frente ao Rio Guadiana, onde não faltará cor, luz e música.

À exceção do banquete, todos os eventos têm entrada livre.

 



Comentários

pub