Instituição social com sede fora do território nacional junta-se à rede social de Faro

Conselho Local de Ação Social do concelho tem três novas organizações sem fins lucrativos

A Fundação da Criança e da Juventude – S. Tomé e Príncipe passou, no passado dia 14 de Março, a integrar o Conselho Local de Ação Social de Faro, sendo a primeira vez que uma instituição social com sede fora do território nacional se junta à rede social do concelho. 

A Câmara Municipal reuniu o Conselho Local de Ação Social do concelho ao qual se juntaram, às atuais 104 entidades parceiras, três novas organizações sem fins lucrativos, a Prometo Viver – Associação Gonçalo Assunção;  a AEQUUM – Apoio à Inclusão LGBTI + e a Fundação da Criança e da Juventude – S. Tomé e Príncipe, que deram a conhecer a sua missão, objetivos e intervenção, reforçando a coesão desta rede social.

Durante o plenário, foi feito o ponto de situação dos projetos Garantia para a Infância, que visa, de acordo com a autarquia farense, «desenvolver redes de apoio à infância e juventude e Radar Social – sistema integrado de georreferenciação social e de capacitação, cujo início de atividade está previsto para abril,  com término em março de 2026».

Foram também ouvidas a YMCA Portugal, que apresentou um projeto de capacitação das instituições sociais e a Deco – Delegação de Faro que apresentou os serviços protocolados com o Município de Faro, disponíveis para munícipes e instituições.

A sessão de trabalhos contou ainda com a visualização do vídeo “Não se aceita, ponto! –  Campanha Nacional de Prevenção da Violência ao Longo do Ciclo de Vida”, promovido pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, em parceria com a DGEst e DGS, que visa alertar os cidadãos para o impacto de se viver em ambientes de violência, sensibilizando para a urgência de quebrar ciclos de violência inter-geracional.

O vídeo pode ser visualizado na página da CNPDPCJ. A sessão de plenário terminou com o apelo à participação e divulgação do Orçamento Participativo de Faro, que se encontra em fase de votação e decorre, online, até ao próximo dia 31 de Março.

 



Comentários

pub