Creche da Misericórdia de Alvor recebe certificação ISO 9001

Certificação é relativa ao sistema de gestão de qualidade

A creche Rainha Santa da Santa Casa da Misericórdia de Alvor, obteve a certificação ISO 9001, relativa ao seu sistema de gestão de qualidade, anunciou esta instituição do concelho de Portimão.

«Este marco não é apenas um selo de qualidade, mas um reflexo tangível do compromisso da instituição com a melhoria contínua, a conformidade com requisitos regulamentares e legais, e a satisfação dos pais e encarregados de educação», ilustra a SCM de Alvor.

A certificação ISO 9001, «reconhecida internacionalmente, é atualmente ostentada por mais de um milhão de organizações globalmente, funcionando como um atestado de eficácia dos processos internos, promoção da melhoria contínua e conformidade com as normas regulamentares e legais vigentes».

Em Portugal, há 8900 organizações com esta certificação, «sendo mais de 400 destas atuantes no setor da saúde e ação social».

«O processo de certificação implica uma rigorosa auditoria por uma entidade externa que avalia todos os procedimentos da instituição em comparação com as boas práticas e orientações do setor. No caso da certificação da Misericórdia de Alvor, esta auditoria foi conduzida pela Bureau Veritas, uma empresa internacional que se destaca no campo da certificação, inspeção e auditoria», explica a instituição.

A SCM de Alvor lembra que no Algarve, «como nas demais regiões do país, a procura por vagas em creches supera amplamente a oferta disponível, uma realidade exacerbada pelos desafios financeiros que o setor enfrenta, nomeadamente as baixas comparticipações do estado».

Isto apesar da implementação do programa “Creche Feliz”, «que, ao proporcionar o acesso gratuito a creches, incrementou substancialmente a procura por vagas nestas instituições. Esta iniciativa, apesar de louvável, tem gerado pressões adicionais sobre as infraestruturas e os recursos das creches, que se veem na necessidade de responder a uma procura crescente mantendo, ou até elevando, os padrões de qualidade dos serviços prestados».

 

Mário Freitas

 

Para conseguir a certificação, a creche da Misericórdia de Alvor realizou um trabalho que «não só implicou a adesão a padrões de qualidade rigorosos, mas também a modernização e digitalização de algumas atividades, facilitando assim a interação com os pais».

«Esta transição digital é um passo crucial na direção da mitigação de desafios operacionais e na garantia da utilização eficiente dos recursos disponíveis, mesmo face às restrições financeiras», diz.

«Trabalhámos ao longo de um ano para alinhar os procedimentos de gestão da instituição com as boas-práticas definidas pela norma. Foi um exercício exigente, mas com resultados claramente positivos para as crianças e encarregados de educação», ilustra João Francisco Amado, responsável pelo projeto de implementação do Sistema de Gestão da Qualidade.

Já Joana Azevedo, diretora técnica da Creche da Misericórdia de Alvor,  salienta que este foi «um processo trabalhoso, mas muito gratificante. Acima de tudo fico extremamente feliz pelo feedback das nossas crianças e dos Pais e/ou Encarregados de Educação, bem como pela união e dedicação da nossa equipa de trabalho».

Já Mário de Freitas, provedor da Misericórdia de Alvor, diz que esta «não é apenas um selo de qualidade, mas sim um testemunho da nossa inquestionável dedicação em fornecer uma educação holística, centrada na criança. O foco na satisfação das necessidades educativas das crianças e na satisfação das expectativas dos pais é agora validado e reforçado por este reconhecimento que é extensivo a toda a equipa que contribuiu, incansavelmente, para este sucesso».

A SCM de Alvor salienta ainda o «feedback positivo dos pais com a recente certificação ISO 9001», que «é um incentivo palpável para que a Creche Rainha Santa da Misericórdia de Alvor continue a sua trajetória de melhorias».

 

 



Comentários

pub