Arquitetura militar mundial é tema de exposição em Silves

Também está programada uma palestra, no âmbito da qual será apresentado um livro resultante da exposição

Castelo de Silves – Foto: Fabiana Saboya | Sul Informação  (Arquivo)

Obras da arquitetura militar mundial vão ser dadas a conhecer na exposição de fotografia “Arquitectur’Arte de Bem Defender”, de António F. Maia e Luís Reina, que vai ser inaugurada a 7 de Outubro, às 16h00, e pode ser vista até 7 de Janeiro no Castelo de Silves, bem como num livro que resulta desta mostra, que será apresentado no dia 9.

A obra que retrata a mostra será dado da conhecer por ocasião da palestra “Omã um outro Ocidente”, por Luís Reina, que terá lugar no Museu Municipal de Arqueologia de Silves, às 15h00 de dia 9.

As iniciativas integram a programação do Dia Nacional dos Castelos.

Segundo a Câmara de Silves, a “Arquitectur’Arte de Bem Defender” é «uma exposição de fotografia a preto e branco que dá a conhecer a arquitetura militar mundial», que está «dividida em três partes».

«A primeira é dedicada aos castelos e fortalezas de Portugal, sendo o seu autor António F. Maia. A segunda parte é dedicada aos fortes portugueses de Omã e a sua influência na arquitetura militar omanita», segundo a autarquia.

«A terceira e última parte, retrata a arquitetura militar no resto do mundo, numa viagem através de diversas civilizações ao longo dos tempos», acrescenta.

A inauguração desta exposição decorrerá na Torre de Menagem do Castelo de Silves e contará com a presença dos autores.

numa viagem ao passado e ao presente de Omã, que guiará os participantes a um encontro de culturas, cujas raízes lusitanas perduram até aos nossos dias. A iniciativa, cuja participação presencial é limitada à lotação da sala, será transmitida em direto através do facebook do Município e terminará com a apresentação do livro “Arquitectur’Arte de Bem Defender”, seguida de uma visita à exposição com o mesmo nome.

Já o livro a palestra “Omã um outro Ocidente”, será uma «viagem ao passado e ao presente de Omã, que guiará os participantes a um encontro de culturas, cujas raízes lusitanas perduram até aos nossos dias».

A iniciativa, cuja participação presencial é limitada à lotação da sala, será transmitida em direto através do facebook do Município e terminará com a apresentação do livro “Arquitectur’Arte de Bem Defender”, seguida de uma visita à exposição com o mesmo nome.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone 282 440 854 e do email patrimoniocultural@cm-silves.pt.

 

 

 



Comentários

pub