DiVaM leva música, teatro e novo circo a três monumentos do Algarve

Entre os dias 23 e 25 de Julho

A peça “Uma Praia em Milreu”, o espetáculo multidisciplinar “Inanna”, o circo contemporâneo Barbelix e o concerto “Sons da Terra”, são as sugestões do DiVaM para animar as Ruínas de Milreu, em Faro, e a Fortaleza de Sagres e a Ermida de Guadalupe, em Vila do Bispo, de 23 a 25 de Julho, sexta-feira a domingo.

O programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve (DRCAlg) continua a dinamizar e a valorizar os monumentos do Algarve e tem mais uma “leva” no final desta semana.

Na sexta-feira, às 18h00, vai ser apresentado na Fortaleza de Sagres o concerto multidisciplinar “Inanna”, que junta a palavra, ilustração ao vivo e música encomendada a dois compositores lacobrigenses.

Este é um projeto da Questão Repetida – Associação Cultural, com Elsa Mathei (Direção musical e artística e cravo), Ana Falé (Direção artística e narração), Denys Stetsenko (violino barroco), Ana Sousa (viola de gamba) e Monica Catalá (ilustração), os elementos do ensemble Armilar.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição obrigatória, através do email questao.repetida@gmail.com.

No dia 24 de Julho, também às 18h00, a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe recebe o espetáculo “Sons da Terra” – Concerto de música antiga com instalação sonora, um projeto promovido pela Flautística – Associação de flautas de Bisel do Algarve.

«O projeto é inspirado no trabalho realizado por diferentes etnólogos e etnomusicólogos (Michel Giacometti, Ernesto Veiga de Oliveira, Jorge Dias) e realizado a partir da captação de sons que circundam o monumento e as aldeias que lhe estão próximas, garantindo assim amostras da atividade humana», descreve a DRCAlg.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição obrigatória, através do email flautistica.associacao@gmail.com ou do telemóvel 914406015.

O projeto de teatro “Uma Praia em Milreu” será apresentado nos dias 23 e 24 de Julho nas Ruínas Romanas de Milreu, às 21h00.

Este é um projeto comunitário do Teatro de Vizinhes, «uma celebração teatral que narra, através de uma visão crítica e poética, o dia a dia de uma comunidade algarvia, que se vê impedida de chegar à praia, num qualquer dia de verão», levado à cena pelo JAT – Coletivo Janela Aberta Teatro – Associação Cultural.

Este é o resultado da adaptação do texto da peça Sai da Frente à realidade de Milreu, com alusão à passagem romana por esta região. A direção artística e encenação é de Miguel Martins Pessoa, a assistência de encenação de Diana Bernedo e a coordenação musical de Ilda Nogueira.

A direção artística é de Filipa Oliveira, com Ana Figueiras e Filipa Oliveira, nas flautas de bisel, João Caneiro, no cravo, e captação e sonoplastia de André Ribeiro.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição obrigatória, através do email colectivojat@gmail.com.

No domingo, a animação regressa à Fortaleza de Sagres, onde será apresentado, a partir das 18h00, o espetáculo de circo contemporâneo Barbelix.

«Trata-se de um trio acrobático, inspirado pelas forças interiores, que transforma a crise em movimento. Inspirados pela sabedoria que foi transmitida pelas gerações antigas, o espetáculo retrata três idosos, cujos corpos estão cansados, devido à sua idade. Encontram, na força do grupo e da comunidade, um fogo interior que lhes permite realizar acrobacias incríveis, esquecendo a sua dor e transformando os seus corpos e personalidade devido ao contacto com os outros», segundo a Direção Regional de Cultura.

Este espetáculo de âmbito internacional, que liga Portugal, França e Chile, é promovido pelo Teatro Experimental de Lagos e conta com Thibaud Thévenet, Berna Huidobro e Tim Belime.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição obrigatória, através do email bilheteiras.tel@gmail.com

A 8º edição do programa cultural DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – tem como tema “Património, Comunidade e Inclusão”.

 



Comentários

pub