Portugal teve boa prestação no fim do 1º dia de qualificações olímpicas em Vilamoura

Qualificação decorre até sábado

Portugal acabou bem posicionado o primeiro dia de qualificações olímpicas, disputado esta segunda-feira, 19 de Abril, nas águas de Vilamoura.

A velejadora portuguesa Carolina João terminou o 1º dia da prova de qualificação olímpica europeia na classe ILCA bem posicionada para garantir uma das duas vagas da frota feminina em Tóquio, em discussão desde segunda-feira em Vilamoura.

Nesta prova de Qualificação Olímpica do Continente Europeu da classe ILCA – International Laser Class Association, os quatro únicos ‘bilhetes’ ainda disponíveis para quatro países vão ser alvo de uma luta renhida nas águas de Vilamoura.

A búlgara Tatiana Drozdovskaya (12º geral) é mais bem posicionada após as duas primeiras regatas do primeiro dia, seguida das portuguesas Carolina João (21º) e Mafalda Pires de Lima (38º), num total de sete países quem ainda não garantiram o apuramento.

A classificação geral feminina é liderada ex-aequo pela dinamarquesa Anne-Marie Rindom (medalha de bronze nos Jogos Olímpicos em 2016 e campeã do mundo em 2015) e a grega Vasileia Karachaliou, seguidas da francesa Marie Barrue.

Na frota masculina as duas vagas em aberto estão a ser discutidas por 17 países e o espanhol Joel Rodriguez Perez (8º) e o belga William De Smet (10º) são ao final do primeiro dia de prova os mais bem posicionados para garantirem o lugar.

A classificação geral masculina é liderada pelo brasileiro Robert Scheidt, seguido do russo Maxim Nikolaev e o croata Tonči Stipanović fecha o pódio após as duas regatas do dia.

A Qualificação Olímpica do Continente Europeu da classe ILCA decorre até sábado nas águas de Vilamoura, numa prova que reúne quase 230 velejadores, oriundos de 44 países.

Os resultados apresentados são provisórios e passíveis de alteração.

 



Comentários

pub