Ruivinho Brazão fala sobre “A mulher no cancioneiro” em ciclo de conferências

Ruivinho Brazão é um estudioso da oralidade

José Ruivinho Brazão, presidente da Associação de Pesquisa e Estudo da Oralidade (APEOralidade), apresenta, no próximo dia 17 de Abril, uma conferência sobre “A Mulher e a Expressão dos Afetos no Cancioneiro Popular de Albufeira e Loulé”. 

Esta iniciativa terá lugar no âmbito do 6º ciclo de conferências “Vozes na Primavera”, desenvolvido pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, a Biblioteca e o Centro de Estudos Ataíde de Oliveira da Universidade do Algarve (UAlg).

“A mulher no cancioneiro tradicional português” é um trabalho que nasce do estudo da oralidade com incidência na obra “Cancioneiro Tradicional Português”, publicado pel APEOralidade, em finais de 2019.

Com cerca de duas mil quadras, recolhidas nos concelhos de Albufeira e Loulé, esta obra coloca em destaque a mulher e a expressão dos afetos.

José Ruivinho Brazão é licenciado em Filologia Clássica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Mestre em Literatura Portuguesa (especialidade Literatura Portuguesa Medieval), é um estudioso incansável da literatura tradicional oral popular desde a década de 60, na região do Algarve.

As participações deste ciclo de conferências, que decorrerão de 27 de Março e 15 de Junho, através da plataforma Zoom (https://videoconf-colibri.zoom.us/j/82404896790), prometem uma viagem pela literatura oral, na primeira pessoa, por especialistas do Centro de Estudos Ataíde de Oliveira.

 



Comentários

pub