In Loco apoia criação de emprego no interior do Algarve

Os apoios podem chegar aos 81 mil euros por posto de trabalho a criar

Messines – Foto de arquivo

Um programa da Associação In Loco, que visa apoiar a criação de emprego no interior do Algarve Central, tem inscrições abertas até 15 de Setembro.

Os apoios podem chegar aos 81 mil euros por posto de trabalho a criar e inserem-se no âmbito do Programa +CO3SO Emprego, no território do Grupo de Ação Local Interior do Algarve Central, dinamizado pela Associação In Loco.

«Trata-se de um sistema de incentivos que visa apoiar a criação de emprego e o empreendedorismo, incluindo empreendedorismo social», explica a In Loco.

«Os apoios a conceder permitem a comparticipação dos custos diretos com os postos de trabalho criados, de acordo com os limites fixados na regulamentação, englobando a remuneração base e as despesas contributivas da responsabilidade da entidade empregadora, durante um período máximo de 36 meses, contados a partir da criação do primeiro posto de trabalho», acrescenta.

 

Territórios abrangidos

 

Sobre estes encargos acresce uma taxa fixa de 40% para financiar outros custos associados à criação de postos de trabalho e apenas são elegíveis contratos sem termo.

Podem candidatar-se micro e pequenas empresas e entidades da economia social que desenvolvam atividades com enquadramento nas áreas de atividade especificadas no concurso para a apresentação de candidaturas.

Os anúncios e demais informação relevante, nomeadamente legislação, formulários, orientações técnicas que incluem as listas de documentos a apresentar, estão disponíveis no portal do Portugal 2020 ou no site da In Loco.

Para mais esclarecimentos pode contactar a In Loco pelo telefone 289 840 860 ou e-mail dlbc@in-loco.pt.

Se houver verba disponível, este programa pode estender-se até 16 de Novembro com a segunda fase.

Comentários

pub