Vila Vita Biergarten lança serviço de take-away e reabre portas

O serviço de take-away disponibiliza um menu que reúne um conjunto de iguarias da Baviera

O Vila Vita Biergarten, localizado em Porches (Lagoa), está de volta, a partir de dia 12 de Maio, com um novo serviço de take away. Uma semana depois, dia 19, vai reabrir portas.

O regresso será, então, feito em dois momentos.

O serviço de take away disponibiliza um menu que reúne um conjunto de iguarias da Baviera especialmente selecionadas para o efeito, como o austríaco Schnitzel de Porco com Salada de Batata, o Pernil de Porco com Salada de Couve, o Herren Goulash com Almôndegas de Pão ou a massa Schupfnudeln com legumes grelhados.

Os pratos principais podem ser complementados com a sopa do dia, as conhecidas brezel ou outras opções disponíveis na lista de acompanhamentos. Também está disponível a sobremesa Apfel Strudel.

Na lista encontra-se ainda cerveja, mas também refrigerantes e vinho.

As encomendas só não podem ser feitas aos domingos, depois das 15h00, e às segundas-feiras. Nos restantes dias, pode encomendar comida entre as 9h00 e as 11h00 para o almoço e entre as 9h00 e as 18h00 para jantar.

O levantamento deverá ser feito entre as 11h00 e as 19h00 do mesmo dia. Para grupos com mais de 8 pessoas, requer 24 horas de antecedência.

Os pedidos são feitos através do 282 381 177 (especialmente se no próprio dia) ou pelo e-mail biergarten@vilavitaparc.com, o pagamento por cartão de crédito e a recolha no restaurante.

Uma semana mais tarde, no dia 19, tem lugar a abertura do restaurante ao público, «sujeita a rigorosas medidas de precaução e em seguimento das diretrizes de saúde e segurança reguladas pela AHRESP (Associação da hotelaria, restauração e similares de Portugal)», diz o Biergarten.

De resto, «mantêm-se o funcionamento regular do talho Vila Vita Metzgerei como até à data, onde podem ser encomendados e adquiridos cortes de carne originários da Herdade dos Grous no Alentejo, transformados também em especialidades e delicatessen alemãs pela mão do mestre talhante Thomas Weber».

Comentários

pub