Universidade do Algarve suspende aulas presenciais até 27 de Março

Também foram suspensas as deslocações em serviço

A Universidade do Algarve (UAlg) acaba de anunciar a suspensão de todas as atividades letivas presenciais até 27 de Março, na sequência do surto de Covid-19. 

Apesar de, até ao momento, não serem conhecidos, na UAlg, quaisquer casos suspeitos ou confirmados, a academia decidiu avançar com esta medida devido «ao agravar da evolução da pandemia e para acautelar a saúde e segurança da comunidade académica», lê-se num comunicado assinado pelo reitor Paulo Águas.

Assim, além da suspensão das aulas, a Universidade do Algarve também decidiu a implementação, pelas unidades orgânicas, com caráter de urgência, dos meios de ensino a distância, sempre que possível, bem como o cancelamento de todos os eventos, atividades desportivas e culturais nas instalações da UAlg.

A isto juntam-se as suspensões de todas as deslocações em serviço e das reuniões de júris de concursos na forma presencial.

Ainda assim, a UAlg decidiu que as residências e cantinas dos Serviços da Ação Social da Universidade do Algarve continuam a funcionar.

Estas medidas foram tomadas de acordo com as orientações do Plano de Contingência para a Universidade do Algarve e após ter sido ouvido o Centro de Emergência da Universidade do Algarve (CEUAlg).

«A UAlg prosseguirá no estrito cumprimento das decisões e recomendações das autoridades de saúde, pelo que estas medidas poderão ser ajustadas ou complementadas por outras, conforme as circunstâncias exigirem», diz o mesmo comunicado.

A Universidade do Algarve apela, por fim, «a todos os membros da comunidade académica para que com serenidade e sem alarmismo sigam estas recomendações e as que sejam emanadas pelas autoridades de saúde pública».

Comentários

pub
pub