“Quem tiver febre, tosse ou dificuldades respiratórias deve abster-se de ir trabalhar”

Diretora Geral de Saúde aconselha quem sentir sintomas de se abster de ir trabalhar

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, recomendou esta quinta-feira que os portugueses que tiverem sintomas como tosse, febre ou dificuldades respiratórias devem “abster-se de ir trabalhar”.

Em conferência de imprensa, Graça Freitas recordou que quem estiver em “isolamento profilático voluntário deve ficar em casa, não ir ao trabalho nem à escola e não receber visitas”.

 

Leia mais no Jornal de Notícias

Comentários

pub
pub