Professores de Albufeira aprendem a promover uso consciente da tecnologia

Professores de Albufeira participaram «em workshops, grupos de trabalho, troca de ideias e debates relacionados com tipos de adição às tecnologias, riscos físicos, psicológicos e sociais»

Professores da Escola EB 2,3 Dr. Francisco Cabrita, de Albufeira, participaram na primeira mobilidade do projeto Erasmus+ “I am connected but not addicted to technology”, que decorreu entre os dias 10 e 14 de Fevereiro, em Palermo, na Itália.

O projeto “I am connected but not addicted to technology” tem como pressuposto a necessidade do uso consciente de tecnologia e Internet.

«Pretende fortalecer as escolas participantes com competências para lidar com esta problemática, bem como consciencializar os administradores, professores, alunos e pais, dotando-os de mecanismos para lidar com tal situação. Todos os temas tratados serão posteriormente dinamizados na escola entre professores, alunos e encarregados de educação, recorrendo a sessões de divulgação e múltiplas atividades», segundo o Agrupamento de Escolas de Albufeira.

A primeira reunião de participantes no projeto, que junta professores de escolas de Espanha, Portugal, Roménia e Turquia (o país organizador), teve como tema “Technology Addiction and Solutions“.

Ao longo de cinco dias, os professores de Albufeira «participaram em workshops, grupos de trabalho, troca de ideias e debates relacionados com tipos de adição às tecnologias, riscos físicos, psicológicos e sociais. Foram abordadas possíveis soluções para evitar o uso intensivo das tecnologias e apresentadas propostas para a redução do uso das mesmas para fins de entretenimento».

Para além desta mobilidade, estão programadas outras quatro atividades “Learning, Teaching, Training” que envolvem a deslocação de professores entre as escolas participantes.

 

Fotos: Agrupamento de Escolas de Albufeira

Comentários

pub
pub