Lagoa: Jovens que estavam a violar dever de recolhimento agrediram GNR

Homens foram detidos por ofensa à integridade física qualificada

Dois jovens de 21 anos, que estavam a violar o dever de recolhimento, imposto pelo estado de emergência, agrediram um militar da GNR e foram detidos na madrugada deste domingo, cerca das 5h20, em Lagoa.

Fonte da GNR adiantou ao Sul Informação que os dois homens estavam na rua, «davam sinais de estar embriagados» e houve uma denúncia.

Quando a Guarda chegou ao local e mandou os homens para casa, «gerou-se uma confusão e um deles conseguiu agredir um dos militares», disse a mesma fonte.

Os jovens foram detidos por ofensa à integridade física qualificada, foram constituídos arguídos e ficaram sujeitos a termo de identidade e residência.

Além destes homens, até às 8h00 de hoje, foram detidas mais seis pessoas em Portugal, pela GNR, desde a entrada em vigor do estado de emergência.

Comentários

pub
pub