Festivais Rolling Loud Portugal e Afro Nation doam fundos ao Centro Biomédico do Algarve

A doação ajudará na compra de novas máquinas de ventilação, materiais de autoproteção para as equipas médicas e no apoio à região do Algarve, em particular

Os promotores dos festivais Rolling Loud Portugal e Afro Nation efetuaram uma contribuição para auxiliar no financiamento de novas máquinas de ventilação e materiais de autoproteção para as equipas médicas dos hospitais algarvios, ajudando a população local a combater a atual crise do Coronavírus. Ambos os festivais deverão ocorrer em Julho na Praia da Rocha.

Esta doação «parte da consciencialização dos impactos inerentes à pandemia da Covid-19 e de como este vírus está a afetar o mundo», explicam os promotores dos dois festivais.

A contribuição destes fundos será gerida pelo Centro Biomédico do Algarve (ABC), um consórcio entre a Universidade do Algarve e os hospitais públicos locais, com o objetivo de melhorar a segurança em toda a região.

O ABC já fechou acordos com fornecedores internacionais e espera ter os dispositivos médicos disponíveis no Algarve, nos próximos dias. Em articulação com várias entidades públicas e governamentais, o ABC possui equipas no terreno, desenvolvendo ações que incluem um call center, a realização de testes Covid, a atualização da informação aos profissionais de saúde e o suporte ao turismo local.

O diretor de eventos Obi Asika, da Event Horizon, explica: «embora a nossa indústria esteja a passar por momentos difíceis, é nossa obrigação social ajudar a região do Algarve e a sua população. Queremos continuar a promover os nossos eventos em Portimão, em Julho. Se todos fizermos a nossa parte, seremos capazes de superar este momento difícil e de restaurar a confiança».

«Na esperança de que a situação atual se venha a reverter na época de realização dos eventos», a Event Horizon afirma continuar «a fazer planos para proporcionar uma experiência incrível e apoiar muitas pequenas empresas locais».

Estimam-se, com os dois eventos, mais de 50 milhões de euros injetados na economia local. «Este valor será de enorme importância para a indústria do turismo em Portimão e para todas as zonas circundantes», concluem os organizadores dos dois festivais.

Comentários

pub
pub