Covid-19: 161 alunos estão a receber apoio da Universidade do Algarve

Maior parte dos alunos são estrangeiros

161 estudantes estão a ser apoiados pela Universidade do Algarve através de alojamento, distribuição de alimentos e apoio psicológico, apesar de estarem suspensas as atividades letivas presenciais, como medida de prevenção e controlo da propagação da covid-19.

Dos 161 estudantes, 44 são portugueses e 117 de outras nacionalidades, sendo a mais representada a brasileira.

Segundo a Universidade do Algarve, «os Serviços de Ação Social (SAS) da UAlg permanecem em o contacto diário com estes alunos, quer por telefone, quer por email, garantindo-lhes ainda a limpeza dos espaços (recolha de roupa suja e entrega de roupa lavada) e a distribuição de géneros alimentares».

A academia algarvia realça que está também disponível apoio e acompanhamento psicológico online,, disponibilizados pelo Gabinete de Psicologia e Apoio Psicopedagógico, «já que estes estudantes sentem falta do suporte social e familiar num momento particularmente difícil».

Este apoio online pode ser extensível, «no regime de counselling, a novas solicitações de outros estudantes da UAlg». Para isso, deve ser contactado o gabinete através do e-mail sasgp@ualg.pt

A Universidade do Algarve acrescenta que «disponibilizou ainda dois apartamentos para acolher alunos do Curso do Mestrado Integrado em Medicina que estão a dar apoio à linha SNS24».

Os Serviços de Ação Social «continuarão a acompanhar o evoluir desta situação de crise, quer ao nível de diagnóstico de intervenção social, quer das condições socioeconómicas, adaptando, sempre que necessário, novas medidas de atuação».

No que diz respeito às aulas à distância, tem existido «uma crescente adesão tanto por parte dos estudantes, como dos docentes», conclui a UAlg.

Comentários

pub